Crino-branco (Crinum procerum)

Semelhantes às amarílias, suas flores são intensamente perfumadas. Com grandes bulbos e folhas largas formam maciços robustos.

Como cobertura vegetal em solos úmidos é uma solução prática, pois não requer manutenção. Entretanto, deve-se arrancar e dividir as touceiras, quando o bulbo principal formar “filhotes” em sua base, que ocorre a cada 3 ou 4 anos. O replante favorecerá o aspecto das mudas, além de incentivar a florada.

Autor: Raul Cânovas

Nome botânico: Crinum procerum.
Nomes comuns: crino-branco, açucena-d???agua.
Sinônimos estrangeiros: crino (em espanhol); spider lily (em inglês); plub-plueng (em thai); krinum bakung (em malaio).
Família: Amaryllidaceae.
Características: herbácea perene e bulbosa.
Porte: até 70 cm de altura.
Fenologia: verão.
Cor da Flor: branca (com fragrância).
Cor da folhagem: verde-médio.
Origem: sudeste asiático.
Clima: tropical / subtropical (não tolera geadas).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *