Orquídeas híbridas

Colorido exuberante, flores vistosas e bem formadas são algumas características que saltam aos olhos de quem observa as orquídeas híbridas (manipuladas em laboratório). Além disto, pesquisadores revelam que estas espécies apresentam vantagens com relação às orquídeas sem manipulação.

Foto: Fábio Visentin

Quando uma hibridação de duas espécies acontece muitos genes estão envolvidos. Este cruzamento é responsável por ativar genes com influência em vários atributos da planta, resultando em resistência a pragas e doenças, até mesmo a seca e ao vento. Ou seja, a orquídea híbrida é uma mistura das características morfológicas dos “pais”.

Foto: Fábio Visentin

Outra curiosidade sobre as orquídeas híbridas é que o desenvolvimento da maioria delas tende a ser acelerado e, por isso, podem requerer um pouco mais de adubo e água. E elas podem florescer mais de uma vez ao ano.

Foto: Fábio Visentin

Maior resistência a pragas e doenças e vigor no desenvolvimento não dispensam a dedicação nos tratos culturais: as dicas para manter as orquídeas híbridas e espécies são as mesmas, todas precisam de fertilizante para enraizamento e florescimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *