Jardins internos

Um jardim interno, ou jardim de inverno, pode ser uma boa opção para quem mora em apartamentos ou em regiões muito frias, que não permitem o cultivo de um belo jardim a céu aberto. Em alguns apartamentos é comum encontrar um poço de luz, que pode ser o local perfeito para a criação deste espaço verde. Para quem não tem uma área como esta, outras opções estão se tornando cada vez mais populares: corredores, hall de entrada e os espaços livres embaixo das escadas.

Os principais fatores levados em consideração na hora de preparar o seu jardim interno / jardim de inverno é que ele deve ser arejado e receber luz natural pelo menos uma parte do dia, caso contrário as plantas terão um tempo de vida reduzido.

Listamos aqui algumas sugestões de plantas que se adaptam a este tipo de ambiente e algumas dicas sobre cada uma delas.

Mini cactos: não devem receber água em excesso, no verão molhe com uma colher (sopa) de água a cada 6/7 dias, no inverno a cada 10/12 dias. São muito resistentes ao calor.

Zamioculcas: ideal para decoração interna, pois não necessita de muita luz, tem crescimento lento (pode levar até dois anos para atingir 1 metro). Deve ser regada no máximo duas vezes por semana.

Jade: se adapta bem a ambientes internos. Não deve receber água em excesso e tem crescimento rápido.

Palmeira areca: uma das espécies de palmeira mais populares, pode ser exposta ao sol, mas as folhas ficam mais viçosas se cultivada à sombra.

Espada de São Jorge: planta com folhas cilíndricas e verticais, muito resistente. Deve ser mantida à sombra e regada a cada 15 dias, sem molhar as folhas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *