Clima Parte III - Água

Outro fator relevante na fitogeografia é a água. Uma quarta parte da Terra firme, no nosso planeta, se apresenta inóspita para qualquer tipo de flora por causa da aridez e, especialmente, por causa da grande diferença entre a temperatura máxima e a mínima no espaço de 24 horas. Outra quarta parte é semi-árida, permitindo apenas uma vegetação pouco densa. Assim são as estepes, na Rússia e a caatinga ou mato-branco nordestino, esta última se mostra além de esparsa, descolorida na maior parte do ano, luzindo apesar de seca, suas bromeliáceas (Tillandsia milagrensis, Encholirium spectabile, etc.) os mandacarus, o xiquexique e algumas árvores como a braúna-do-sertão, o pau-d’arco-roxo e o juazeiro. Esta flora vegeta com uma umidade muito baixa.

Os 50% restantes da Terra recebem chuvas em abundância e intensa luz solar, acarretando calor, estes fatores permitiriam o surgimento de bosques em profusão, no entanto a selva tropical possui uma biodiversidade maior que as zonas de clima temperado. As florestas úmidas localizadas entre o Trópico de Câncer e o Trópico de Capricórnio, que ocupam 6% da superfície do globo, são riquíssimas em termos florísticos possibilitando o desenvolvimento não apenas de árvores e de palmeiras, mas também de trepadeiras, arbustos e herbáceas que pelejam por cada palmo de terreno e por uma nesga de claridade.

O Brasil tem uma vantagem enorme, dentro do contexto mundial, possuindo 30% das florestas do mundo. Peru, Equador e Colômbia também se destacam contabilizando 40.000 espécies. Quando juntos, estes três países, possuem apenas 2% da superfície do planeta. Também encontramos florestas tropicais em Centro América, em toda a costa africana banhada pelo Golfo de Guiné, na região leste da Ilha de Madagascar, em Moçambique, no Sudeste asiático, na Indonésia, no sul da Índia e aqui, no nosso país, na região amazônica, que ocupa 40% do território nacional e na mata atlântica, que corre de Rio Grande do Norte ao Rio Grande do Sul, numa faixa paralela a costa brasileira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *