Morea Vuvuzela

Pelo menos, para aqueles que gostam de plantas, a Copa do Mundo 2010 deixa uma boa lembrança.


 
Em Worcester e em Villiersdorp, distantes 100 km de Cape Town, na África do Sul, foi descoberta esta Moraea, pelo conservacionista sul-africano Anso Le Roux. A espécie ocorre apenas nessa área, atualmente ocupada por vinícolas do país. Este fato é bastante preocupante já que outras 2.577 espécies estão ameaçadas de extinção, por causa das vinhas.

O Dr. Tanya Abrahamse, do Instituto Nacional de Biodiversidade da África do Sul (SANBI) explicou que o nome dessa planta, cujas flores são amarelo-pálidas, surgiu por ocasião da aposentadoria de Poppy Nkosi, funcionário da instituição; nessa oportunidade, discutiram sobre qual seria a melhor opção para batizar a nova espécie e concluíram que “vuvuzela” era uma ótima escolha.

A Deutsche Gesellschaft für Technische Zusammenarbeit tornou-se patrono da morea-vuvuzela e está doando um valor para promover pesquisas, assim como a preservação da flora local, em especial, claro, da morea-vuvuzela.

Autor: Raul Cânovas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *