Dicas sobre como plantar sementes: como escolher os recipientes e as espécies

Recipientes alternativos para plantio de sementes
Crédito fujiro.com.br

Produzir mudas por meio de sementes é uma tarefa muito simples, mas exige alguns cuidados fundamentais. Anote as dicas que separamos para você:

* O plantio pode ser feito em bandejas, tubetes, vasos ou saquinhos próprios para mudas. Você também pode aproveitar embalagens de garrafas pet, caixas de leite, latas, caixas de ovos. O tamanho do recipiente é uma parte fundamental: dele depende também o tamanho esperado para a muda na época do transplante. Para mudas de árvores e arbustos opte por um recipiente maior. Para flores anuais, temperos e hortaliças escolha os menores.

* Algumas plantas são pouco resistentes ao transplante: neste caso plante direto no local definitivo. Prepare bem os canteiros e dispense os recipientes. Ex. cenouras.

* As sementes escolhidas devem ter boa genética e livre de pragas e doenças. Escolha as sementes tendo como base o local de origem das plantas e a estação do ano. Algumas precisam de frio para o desenvolvimento inicial, de modo que não é recomendado o plantio no centro-oeste, norte e nordeste. Outras devem ser cultivadas apenas na primavera.

* A dormência das sementes é outro ponto importante: geralmente, quanto mais frescas são as sementes, maior o seu poder germinativo. No entanto, algumas espécies precisam de mais tempo, como a passagem das estações, para germinar. Nesses casos, você pode quebrar a dormência da semente – ou seja, agilizar a germinação, com algumas técnicas como imersão em água quente ou até mesmo em ácido sulfúrico.
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *