Cultivando a orquídea olho-de-boneca

Originária da China, Índia e Malásia, a Dendrobium fimbriatum é conhecida popularmente como orquídea olho-de-boneca. Suas
flores, de 5 a 8 cm de diâmetro, possuem cor amarelo vivo, de beleza chamativa.
Sua pétala diferenciada tem mácula em marrom bem escuro e as bordas finamente
recortadas, lembrando um tecido desfiado. De frente, a flor se parece com a
mamangava, vespa enorme e barulhenta que poliniza as flores do maracujá.

 


ILUMINAÇÃO

A maioria das
orquídeas gosta de sombra filtrada, e a orquídea olho-de-boneca não é
diferente. Se não puder plantá-la em um tronco de árvore, deixe-a em local
sombreado, porém bastante iluminado.

 


REGA

Orquídeas não
precisam de muita água. Se estiverem plantadas em tronco, regue apenas quando o
clima estiver seco. Se estiverem em vaso, certifique-se que o vaso tem boa
drenagem e regue uma vez por semana.

ADUBAÇÃO

A adubação pode ser feita em várias etapas: para floração,
reposição de nutrientes para crescimento da planta e para dar maior teor de
elementos orgânicos
 para as raízes.

 

1 – Compre adubo foliar ou fertilizante para orquídeas.

2- Dilua em água seguindo a proporção indicada
no rótulo.

Dica: Nunca faça uma mistura mais forte do que o
indicado no rótulo. Fertilizante demais pode causar o efeito contrário do
desejado e acabar deixando a planta mais feia. Então, misture na proporção
correta ou um pouco mais fraco que o indicado.

3-Coloque a mistura em um pulverizador e borrife
sobre as folhas.

Dica: Use fertilizante ou adubo quando a planta
estiver SEM flores.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *