Tudo sobre o clorofito

Tudo sobre o clorofito

O Chlorophytum comosum, muito conhecido como clorofito, gravatinha e paulistinha, é originário da África do Sul e muito famoso no Brasil por ser uma planta ornamental e por auxiliar na purificação do ar no ambiente. Quer saber mais sobre essa plantinha e várias dicas de como cultivar? Continue lendo esse post!

A folhagem do clorofito tem cores que pode variar em tons de verde e branco, chegando até 30 centímetros de altura, com folhas finas e compridas. É uma planta que pode ser cultivada tanto em ambientes internos como externos e tem uma função importante na eliminação de toxinas do ambiente, como carbono, xileno e monóxido.

Como cultivar clorofito

Trata-se de uma plantinha muito fácil de cuidar e que precisa de pouca manutenção. O clorofito deve ser mantido em pleno sol ou à meia sombra e não necessita de rega constante por ser considerada uma planta mais rústica e que convive bem em diversas temperaturas. O solo precisa ser fértil e rico em matéria orgânica, assim sua planta se desenvolverá muito mais rápido.

Reprodução do clorofito

A reprodução do clorofito se dá através de mudas ou touceiras, que são os tufos da planta. Suas raízes, por terem o costume de sugar a água da rega, com o tempo ficam densas e precisarão ser replantadas. Dessa forma, as folhas novas nascerão muito mais bonitas e vigorosas.

Gostou de saber mais sobre o clorofito? Quer estar sempre conhecendo novas dicas de jardinagem? Continue acompanhando o Jardim das Ideias STIHL para conferir mais posts como esse!

Um comentário
  1. Show de artigo!

    Essas plantas são realmente incríveis e super resistentes. Ainda não sabia desse detalhe da purificação do ar, mas certamente agora é mais um motivo para criar essa planta dentro ou fora de casa.

    Com toda certeza essa plantinha é perfeita para jardineiros iniciantes ou pessoas que querem ter uma pouco de verde em casa, mas não tem tempo.

    Um detalhe interessante sobre essas planta é que mesmo podendo ter a ideia de usarmos ela para forração ela não sobrevive ao pisoteio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *