Violetas: dicas e cuidados

Violetas: dicas e cuidados

É mais que comprovado o benefício de ter plantas em sua casa. Além de decorar o ambiente, elas tornam a vida mais leve e alegre. Entre as espécies favoritas estão as violetas. Com pétalas delicadas, cores e formas belíssimas, elas fazem parte da família Violaceae e são uma das espécies mais procuradas quando o assunto é jardinagem e paisagismo.

Existem mais de 8 mil espécies diferentes de violetas conhecidas, e por mais que seja uma planta que não exige muita manutenção, alguns cuidados básicos devem ser tomados para que ela cresça bonita e saudável.

Semeando violetas

Em geral as violetas são semeadas por sementes que são comercializadas de acordo com a cor. Opte por um solo macio e leve, mas rico em matéria orgânica, além disso, é importante respeitar o clima e a temperatura de cada espécie. Em solo úmido coloque as sementes e cubra com terra, ao longo do tempo as mudas vão crescendo e quando atingirem cerca de 10 centímetros de altura e tiverem algumas folhas elas já estarão prontas para o replantio.

Replantio

Essa espécie tende a se desenvolver melhor em vasos de barro ao invés de plástico, uma vez que o barro ajuda a absorver o excesso de água e também auxilia na respiração das raízes. Já o de plástico, por não respirar tão bem quanto o barro, pode causar o apodrecimento das raízes e prejudicar sua linda flor.

Antes de transplantar as mudas para o seu vaso definitivo, é importante que a terra esteja preparada com compostos orgânicos como húmus de minhoca, cinzas, casca de ovo e o que mais desejar. A terra deve estar úmida, mas não encharcada, e macia, assim sua violeta irá desenvolver bem após o replantio.

A iluminação ideal

As violetas são plantas da luz, mas cuidado para não confundir isso com “sol escaldante”. Banhos de sol pela manhã ou até mesmo o cultivo a meia sombra são a iluminação ideal para que elas absorvam os nutrientes necessários. Um ambiente bem ventilado também fará toda a diferença para que suas flores surjam coloridas e viçosas.

Rega

Como já foi falado anteriormente, as violetas necessitam de solo sempre úmido, mas procure regar somente a terra, pois a maioria das espécies não gosta de água em suas folhas e flores, apenas nas raízes. Em períodos mais quentes é necessária uma rega diária, já nas estações mais frias, de duas a três vezes por semana é suficiente.

Agora você sabe o essencial para cultivar suas violetas em vasos ou no jardim e, com os cuidados certos, garantir flores para o ano inteiro!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *