Plantando uma árvore em 10 passos

Existe uma
sabedoria popular que diz que só temos uma vida completa quando plantamos uma
árvore, escrevemos um livro e temos um filho. Você acredita nisso? Para quem
segue a risca este ditado, precisa saber, se caso ainda não fez, como plantar
uma árvore. Aprenda com a gente em 10 passos como cultivar uma árvore da forma
mais benéfica para a espécie. Confira:

1º Escolha a árvore adequada ao seu jardim levando em
conta vários detalhes como o aspecto e o tamanho final da árvore, se ela se
adapta ao clima da região, e etc.

 

2º Escolha a época mais indicada para o plantio, que é no
final do período de dormência (seco ou frio) ou bem no início do período de
crescimento (geralmente na primavera).

 

3º Verifique a qualidade da muda. Procure evitar plantas
que estejam floridas ou para florescer, aproveite também para ver a integridade
do torrão e as folhas e os ramos finos, à procura de pragas e doenças. É
essencial que a muda seja sadia.

 

4º Cave um buraco pelo menos duas vezes maior que o
torrão. O tamanho do buraco interfere diretamente no desenvolvimento das
raízes. É mais importante fazer uma cova mais larga do que profunda.

 

5º Fertilize o solo, separe uma parte do solo sem grama
que foi retirado da cova e misture fertilizantes adequados ao plantio. Adubos
ricos em fósforo e potássio e matéria orgânica são os mais adequados para o
desenvolvimento inicial das raízes.

 

6º Adicione a terra preparada, preencha cuidadosamente os
espaços entre o torrão e a cova com a terra fertilizada e destorroada,
compactando aos poucos. Grandes espaços com ar são prejudiciais ao
desenvolvimento das raízes, já que reduzem o contato com o solo e as
desidratam.

 


Dependendo do local do plantio, pode ser necessário proteger a muda de animais,
neste caso invista em um cercado.

 


Proteja o solo do entorno. Em caso de plantio na calçada, coloque alguma
forração ou uma proteção drenante, para que o solo não se perca com as chuvas.
No jardim ou pomar use forrações vivas, como plantas, ou inertes, tais como
casca de pinus, pedriscos, etc.

 


Regue muito bem no início do cultivo. Faça a rega diariamente, salvo quando
chove, durante o primeiro mês, e vá aumentando o período de uma rega para outra
gradativamente, conforme a muda dá sinais de crescimento. Após o primeiro ano
do plantio, regue apenas em momentos de estiagem prolongada ou no período de
floração e frutificação de algumas espécies.

 

10º
Deixe para fertilizar apenas no segundo ano após o plantio.


Depois conta
pra gente qual espécie você decidiu cultivar 🙂

Fonte: O Jardineiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *