Pergunta de Cleuza Maria Oliveira de Paula - Uba/MG e Margarete - Canos/RS

Nome: Cleuza Maria Oliveira de Paula – Uba/MG e Margarete – Canos/RS
Cidade: – AC
Pergunta: Cleuza Maria/MG.

Tenho vários vasos de orquídeas cada um de uma espécie diferente, mas não sei ao certo como devo cultivá-las por isso elas ainda não deram uma florida. O que devo fazer?

Margarete/RS

Gostaria de receber dicas de como cuidar de orquideas, desde já muito obrigado.



Resposta:

Caras Cleuza de Ubá, em Minas Gerais e Margarete da cidade de Canoas- RS!

Respondo as duas já que as questões são as mesmas e, casualmente as perguntas chegaram juntas, no mesmo dia.

As orquídeas formam parte de uma família enorme, são cerca de 40 mil espécies que se desdobraram em mais de 100 mil híbridos cultivados. Ano a ano são incorporadas a essa lista 300 novas espécies. Sendo tantas há uma série de variantes, no manejo delas.

No entanto a maioria delas tem as seguintes necessidades:

ILUMINAÇÃO: para florescer bastante precisam de muita luz natural porém não gostam de sol direto.
VENTILAÇÃO: é necessária caso contrario fica a mercê de pulgões e cochonilhas.
ADUBAÇÃO: a cada 15 dias uma colherinha de adubo líquido ou uma colher de NPK 9-45-15 semanalmente, nos meses quentes.
REGAS: coloque o dedo no substrato, se estiver quase seco, molhe. Nunca encharque.
PRAGAS: podem ser atacadas por pulgões e cochonilhas, neste caso lave as folhas com sabão de coco e depois enxágüe bem. A seguir pulverize com calda de fumo.
DOENÇAS: quando as folhas apresentam manchas ou partes moles é sinal de fungos. Pulverize com calda bordaleza. No corte aplique própolis ou canela, são antibióticos naturais.

Muitas flores para vocês!
 

Data da pergunta: 17/10/2009 14:37:13

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *