Como se livrar dos pulgões

Crédito: bol

Na semana passada recebemos a pergunta do Alexandre. Ele identificou que as folhas de sua planta estavam enroladas, o que pode ser sintoma do ataque de pulgões. Os insetos sugam as folhas e são porta de entrada para outras doenças.
Separamos algumas dicas para eliminar os pulgões. Anote:

1. Caso a infestação esteja no início, você pode fazer a poda dos ramos infestados e descarta-los.
2. Se você observar a presença de inimigos naturais, como larvas e adultos de joaninhas e do bicho lixeiro, eles darão conta da eliminação da praga.
3. A chuva é uma alternativa eficaz de combate ao pulgão. Métodos naturais de controle devem ser sempre priorizados, mas se for necessário o uso de agrotóxicos, faça-o com orientação técnica para evitar perigos à saúde das pessoas e animais e outros problemas ambientais.
4. Você também pode utilizar uma receita caseira. A primeira opção é a calda repelente de água com sabão. Se não funcionar, utilize a calda de fumo (tem a receita aqui: http://goo.gl/FcmeKN)
5. Outras receitas caseiras: Deixe de molho por um dia, em duas colheres de chá de óleo mineral, 100 gramas de dente de alho moído finamente. Misture a solução em um vasilhame, no qual foram dissolvidos 10 gramas de sabão de coco picado em meio litro de água quente. Logo em seguida, filtre o material e dilua-o em 10 litros de água para pulverizar as plantas atacadas.
6. Outra receita inclui a adição de quatro colheres de pimenta-vermelha e duas cabeças de alho picadas em solução de 50 gramas de sabão de coco diluído em 4 litros de água. Coe tudo em pano fino e aplique. Há também a opção de deixar em descanso, por sete dias, 100 gramas de pimenta-do-reino em um litro de álcool, para se juntar a 60 gramas de sabão de coco dissolvido em 1 litro de água fervente, logo que retirado do fogo. Faça três pulverizações a cada três dias com um copo cheio para 10 litros de água.

Crédito: Uol Mulher

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *