Os perigos da comigo-ninguém-pode

Os perigos da comigo-ninguém-pode

Comigo-ninguém-pode (Dieffenbachia seguine): esta bela folhagem é uma das mais comuns nas residências dos brasileiros. Muitos mitos e superstições cercam esta planta. Muitos acreditam que ela possui o poder de quebrar inveja e mal olhado. Além das crenças, esta belíssima espécie ainda purifica o ar. Porém, não é novidade sobre suas propriedades tóxicas que podem fazer mal à saúde humana e de animais domésticos também. Confira alguns perigos de sua comigo-ninguém-pode e como evitá-los.

1. Deixe a planta em locais mais altos

Muitos são os relatos de acidentes com crianças e animais com esta planta quando ela está em altura baixa. A ingestão e o contato com os olhos causa irritação, causando edema na língua e glote, o que tranca as vias aéreas e pode até mesmo ser fatal.

2. Fique sempre atento às crianças e pets

Mesmo com o cuidado de deixar sua comigo-ninguém-pode em alturas elevadas, manter os olhos bem abertos em relação aos pequenos e aos animais é crucial. A desatenção é um dos fatores que mais causam acidentes domésticos, portanto, é imprescindível manter crianças e animais ocupados quando estão em ambientes com esta folhagem.

3. Tenha cuidado com o manuseio

Ao regar, retirar folhas ou fazer as manutenções normais que a planta demanda, tenha cuidado com sua pele. A comigo-ninguém-pode por ser impregnada de oxalato de cálcio, composto altamente tóxico, pode ocasionar reações alérgicas sérias. Use luvas e mantenha distancia segura do rosto e olhos.

Com estes cuidados básico se tornará agradável manter esta linda planta na sua casa. Gostou da publicação? Compartilhe com os amigos. Até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *