Arranjos florais: 3 dicas de como fazer

Arranjos florais: 3 dicas de como fazer

As flores em si já são lindas, mas quando dedicamos um tempo a mais para criar um arranjo, cuidando dos detalhes, sabendo misturar diversas espécies e adicionando outros elementos, não tem como olhar e não achar encantador aquele trabalho. No post de hoje, você vai aprender como criar arranjos florais que vão encantar os olhos de quem ver.

Você vai precisar dedicar um tempinho do seu dia para isso, mas são dicas simples. Com certeza você vai curtir esse momento em contato com as plantas.

Base do arranjo

O primeiro passo é escolher o que você vai usar como base. Aqui vale pensar no objetivo daquele arranjo – se você vai usar para decorar a casa ou se vai presentear alguém, por exemplo. Nesse caso, além dos vasos tradicionais, você pode reaproveitar algo que tenha em casa, como canecas, latas, garrafas e tecidos.

Flores e folhagens

A escolha das flores e da folhagem talvez seja o momento que envolve mais atenção. De acordo com sua base escolhida, você vai sentir o tipo de flor que cabe naquela estrutura, para que o arranjo não caia ou não fique o vaso chamando mais atenção. Além disso, harmonizar as cores é essencial. Vale a pena investir em mais de uma cor, mas sem ser algo exagerado. Já com com a folhagem, o cuidado é para que seja uma opção que vai combinar com as espécies de flores escolhidas. Se optar por algo mais rústico, uma folhagem seca é o ideal.

Acabamento

Por último, você pode optar ou não por um acabamento mais completo, podendo utilizar algum tipo de acessório, como fitas, plumas e etc. Use a sua criatividade. Porém, cuidado para não exagerar nos adereços: a ideia é que a beleza das flores se destaque, e não outros elementos.

Você costuma fazer arranjos ou será a primeira vez? Conta para a gente como foi a experiência. Se ficou com alguma dúvida, coloque nos comentários.

Um comentário
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *