Tipos de grama e cuidados necessários

Tipos de grama e cuidados necessários

Assim como as plantas, as gramas também possuem espécies variadas e necessitam de cuidados especiais de acordo com cada tipo. Abaixo, confira as gramas mais utilizadas em solo brasileiro e as dicas para a manutenção de cada uma.

Grama Esmeralda (Zoysia japônica)

A grama Esmeralda é a mais utilizada no Brasil, sendo conhecida por sua resistência, fácil manutenção e versatilidade. É usada frequentemente para aplicação em áreas residenciais, mas pode ser aproveitada em gramados esportivos e áreas públicas também. Necessita de sol constante, podendo morrer em locais sombreados. A poda é muito importante para a sua manutenção, e o indicado é não cortar muito rente ao solo, deixando em torno de uns 3,5cm. Quanto à irrigação, evite a formação de poças de água. Água em excesso fará mal.

Grama São Carlos (Axonopus compressus)

Conhecida também como grama Sempre Verde ou Curitibana, essa espécie possui folhas largas, lisas, sem pelos e de cor verde forte, e sua característica mais notável é a grande resistência à encharcamento e boa adaptação em locais de sombra e meia-sombra. A grama São Carlos necessita de regas periódicas e sua manutenção consiste apenas no aparo quando atinge altura maior do que 3 cm, sendo a fertilização pouco necessária, se houver já nutrientes suficientes no solo.

Grama Santo Agostinho (Stenotaphrum secundatum)

Conhecida também como grama inglesa, a grama Santo Agostinho é indicada para jardins residenciais e de empresas, principalmente no litoral, em função da sua resistência à regiões úmidas e solos salinos. Pode ser cultivada a sol pleno ou meia-sombra, em solos férteis, com adubações semestrais e regas regulares. Deve ser aparada a partir dos 3 cm de altura.

Grama Coreana (Zoysia tenuifolia)

Também conhecida como grama japonesa, essa espécie é conhecida por suas folhas muito estreitas, pequenas e pontiagudas. Ideal para jardins residenciais, condomínios, empresas e campos de golfe, seus gramados tornam-se densos e macios quando bem cuidados. Deve ser cultivada a pleno sol, em solos férteis, com adubações semestrais e irrigações regulares. Seu aparo é recomendado sempre que alcançar 2 cm. Não é muito resistente a pisoteio e não tolera períodos de seca.

Gostou de saber mais sobre os cuidados com cada tipo de grama? Aqui vai mais uma dica: para garantir mais praticidade na hora de fazer a manutenção do seu gramado, invista nas roçadeiras e cortadores de grama STIHL. Acesse o site para encontrar o produto mais adequado para sua necessidade. Até o próximo post!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *