Saiba como plantar porongo

Pra quem não é do sul do país é provável que a palavra porongo seja
desconhecida. Mas pra quem já ouviu falar sabe que os frutos dessa espécie (também
conhecida como cabaça) de formato peculiar são usados na produção de
recipientes como a tradicional cuia de chimarrão, e até mesmo para instrumentos
musicais e artesanato.  Pra quem deseja
aprender a cultivá-lo pode seguir nossas dicas aqui neste post.

 

O
porongo ou cabaça é uma trepadeira vigorosa, com ramos que podem crescer de 3
até 10 m de comprimento. E os frutos, podem variar de tamanho e formato,
chegando até a mais de um metro de comprimento.

 


Cultivo
:
Pode ser feito em qualquer região que não sofra com geadas e temperaturas muito
baixas. Em regiões mais frias, pode ser cultivada durante os meses mais quentes
do ano, ou em estufas.

 

O porongo
é propagado através de suas sementes. Para cultivá-lo você deve abrir covas de
30 a 45 cm de profundidade, e adubar conforme a necessidade. Semeie de duas a
cinco sementes por cova a uma profundidade de 1 a 2 cm no solo já preparado.

 

O
espaçamento recomendado entre as plantas varia de acordo com a variedade
cultivada e com o método e as condições de cultivo, podendo ir de 2 a 4 m entre
as linhas de cultivo e de 1 a 3 m entre as plantas, sendo menor para o cultivo
tutorado e maior para o cultivo rasteiro.

                           

Colheita:
O
início da colheita dos frutos para consumo pode ser feito a partir de 60 a 120
dias após o plantio. Na colheita, deixe sempre alguns centímetros da haste
(pedúnculo) presa ao fruto para que se conservem por mais tempo. Dica: faça a
colheita com frequência para que os frutos não passem do ponto ideal.

 

E
você ficou com vontade de cultivar porongos também? Aproveite nossas dicas!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *