Plantar o futuro, por Protázio Pomaroli

Plantar o futuro, por Protázio Pomaroli

Em Cacoal (RO), Protázio Pomaroli vive com o objetivo pessoal de cuidar daquilo que nos protege: a natureza. Ele planta para ter a felicidade de ver as espécies crescendo e saber que está podendo alimentar diversas famílias, ao mesmo tempo em que preserva a floresta e a água ao seu redor por meio da agroecologia. E, para isso, conta com o auxílio das ferramentas da STIHL, que trazem potência, facilidade e versatilidade para as suas tarefas. Dê o play e confira esta história!

Protázio trabalha diariamente com turismo rural, com plantação de frutíferas e uma lavoura com mandioca, milho e abacaxi para consumo próprio. Mas o seu maior objetivo é sempre proteger as nascentes que envolvem a floresta que o cerca, pois cuidar da água é essencial para o desenvolvimento da vida.

Lá na comunidade de Cacoal existem 46 famílias e, de acordo com o Protázio, todas contam com uma ferramenta motorizada da STIHL, para facilitar o seu trabalho. Só ele conta com duas ferramentas que fazem a diferença: a sua motosserra a bateria STIHL e o seu soprador STIHL BG 86.

linha de motosserras a bateria STIHL traz um alto desempenho ao trabalhador, unindo tecnologia inovadora, ergonomia e baixo peso. A ferramenta do Protázio é o xodó dele. Ele ainda destaca a baixa emissão de gases, que ajuda a cuidar do planeta.

Quando o Protázio viu o aspirador e soprador STIHL BG 86 C-E, ele não teve dúvida: era a ferramenta que precisava. Ela foi projetada especialmente para facilitar a limpeza em sítios e residências, com alto poder de varrição. O produto é equipado com o potente motor 2-MIX, sendo totalmente econômico, potente e com baixa emissão de gases. Além disso, Protázio realiza todo o trabalho em apenas 15 minutos – coisa que ele poderia levar horas sem a ferramenta.

Gostou de conhecer a história do Protázio Pomaroli? Então se inscreva no canal da STIHL no YouTube para conhecer outras histórias. E se a STIHL também faz parte da sua vida, não se esqueça de deixar um depoimento nos comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *