Confira detalhes sobre o cipó-uva e como plantá-lo

Confira detalhes sobre o cipó-uva e como plantá-lo
Esta publicação é especial para quem ama combinar decoração com belas plantas. O cipó-uva é uma trepadeira excelente para ser cultivada em ambientes internos, quando ainda novas, as folhas do cipó-uva possuem um tom de verde claro e conforme vão amadurecendo, o tom verde escuro brilhante aparece, deixando a planta ainda mais elegante e sofisticada.
A luz do local onde será plantado pode ser direta, meia-sombra ou difusa, podendo se adaptar ao cultivo indoor ou externo. O crescimento do cipó-uva é moderado e fica incrível para pendurar em vasos suspensos, pois a exuberância de suas folhas será, com certeza, um atrativo a mais na decoração do seu cômodo.
Você poderá cultivá-lo como trepadeira, utilizando estacas como suporte para manter o crescimento direcionado ou poderá plantar o cipó-uva em vasos ou jardineiras, de modo que o caimento de suas folhas possam ultrapassar os limites do local de plantio.
Para plantar, utilize matéria orgânica para enriquecer o solo e regue diariamente, – esta planta  prefere temperaturas amenas e precisa do período frio do inverno para hibernar – a reprodução de mudas poderá ser feita através de alporquias.
Gostou de conhecer sobre esta
bela planta? Compartilhe a publicação com os amigos e corra para a floricultura
mais próxima de você para adquirir o seu cipó-uva!
Um comentário
      1. Olá, Luiz. Você plantou em vaso ou direto no solo? Se as sementes não nascem, pode ser porque elas não estavam viáveis ou não eram sementes de qualidade. Devemos usar terra fértil, de preferência mais argilosa do que arenosa, manter úmida até que as sementes germinem. O local da sementeira deve receber apenas claridade natural, sem sol forte.

        Vânia Angeli, Engenheira Agrônoma

  1. Eu comprei mudas mas veio tipo estaquia por enquanto está na água como faço para enraíza lá

    1. Olá, Luiz. Você pode manter a estaca na água por mais alguns dias, até que surjam as primeiras raízes. Mantenha as estacas em local com claridade natural, sem sol forte. Lembre de trocar a água a cada dois dias, em média. Na sequência, plante na terra, mantendo a terra mais úmida logo após o plantio até que surjam as primeiras folhas.
      Esperamos ter ajudado. Vânia Chassot, Engenheira Agrônoma

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *