Você conhece o cacto parafuso?

Você conhece o cacto parafuso?

O Cereus peruvianus tortuosus, mais conhecido como cacto parafuso, cacto colunar, cacto-vela e cacto espiral, é muito utilizado na decoração de ambientes internos ou externos pela sua beleza diversificada e exótica. Além disso, sua flor chamar a atenção de todos pela sua graciosidade ao desabrochar. Quer saber mais sobre essa plantinha? Continue lendo!

O cacto parafuso se desenvolve naturalmente na forma de espiral e pode ser no sentido horário ou anti-horário. Seu tronco pode conter de 5 a 9 hastes e a coloração é verde-acinzentado.

A sua flor que geralmente surge no final da primavera e começo do verão é grande, solitária, branca com lilás e só abre a noite. O motivo disso é para que seja fecundada por insetos e pássaros noturnos. O fruto do cacto parafuso também é grande e quando está maduro a sua cor é avermelhada, apresentando muitas sementes em seu interior.

Como cultivar cacto parafuso

É uma espécie resistente, de fácil cultivo e seu crescimento é acelerado podendo se manter dentro ou fora de casa. Neste primeiro ambiente, ele necessita ter o máximo de sol por dia, assim como o segundo, porém precisa que seu vaso seja girado para que o cacto não cresça torto, em direção da luz.

Não é tolerante a baixas temperaturas, principalmente geada. Assim, durante as estações mais frias a adubação pode ser suspensa para evitar fungos ou bactérias. Durante o ano as irrigações podem ser espaçadas, de modo que o solo seque completamente entre uma rega e outra.

O solo deve ser rico em matéria orgânica e arenoso, além de ser bem drenado. As suas flores são um fenômeno que para que ocorra precisa estar em um local com muita luz solar direta. Por isso, em ambientes internos é mais difícil florescer. A propagação do cacto parafuso é feita por estacas de ramos ou pelas sementes.

E aí, já ficou com vontade de ter um na sua casa? Comente. Para ter mais dicas e novidades, continue acompanhando o blog Jardim das Ideias STIHL. Até a próxima!

Créditos da imagem: Jardim na Cidade

Um comentário
  1. Tenho um cacto parafuso plantado em um vaso. Está com uns dois metros mais ou menos, porém não tem ramificações ou mudas, está só um tronco comprido. Queria saber se posso corta-lo ao meio sem que morra. E esse pedaço que cortar, posso plantar que brota?

    1. Olá, Ciléa. Você pode, sim cortá-lo, com uma faca super afiada, fazendo um corte liso e limpo. A parte cortada deve ficar sob uma bancada por 7 dias até cicatrizar e depois disso, coloque na terra de um vaso, enterrado de forma que não caia. Molhe com abundancia por 60 dias e as raízes chegarão. Use terra preta comum e mantenha a nova muda em ambiente com bastante claridade e até sol fraco por umas 2 ou 3 horas. Depois que a muda estiver firme, com raízes, você pode plantar em local com sol.

      Vânia Angeli, Engenheira Agrônoma

  2. As minhas plantas apodreceram por falta de água?
    Não acredito!
    Segui dicas que informavam regras apenas depois de 30 dias.
    Deixei na bancada com canela 10 dias depois plantei. Mais 20 sem regar.
    Quando fui ver tinham apodrecido.
    Perdi três exemplares de quase 30cm cada um.
    Agradeço as dicas.
    Até!

    1. Agradecemos pelo comentário, Ivete! Um truque para saber se é hora de regar é colocar o dedo no substrato da planta. Se estiver seco, a planta precisa de água. 🙂
      Em caso de mais dúvidas, estamos à disposição!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *