Pergunta de Edmilson Marques Figueredo

Nome: Edmilson Marques Figueredo
Cidade: Luís Eduardo Magalhães – AC
Pergunta: Boa tarde Raul, descobri seu site pesquisando na internet. Plantei alguns exemplares de palmeira imperial em março deste ano, as mudas vieram de SP, uma região com médias de temperaturas menores do que aqui no interior da Bahia. As plantas apresentam amarelecimento das folhas e evoluem para necrose, já cortei as folhas velhas mas as que vieram após médio desenvolvimento apresentam o mesmo sintoma, plantei 8 e 1 já morreu. Gostaria de ser orientado sobre esses sintomas, não há brocas no caule, pode ser excesso de irrigação, deficiência nutricional, danos causados pelo vento, já que nesta época o vento é muito intenso aqui na região, doença (qual).
Fico no aguardo!



Resposta:

Olá Edmilson,

Pela foto que nos enviou, vejo que as folhas estão sem viço e amareladas, mostrando, talvez, uma deficiência nutricional. Digo talvez porque não sei há quanto tempo foram plantadas nem que materiais foram utilizados por ocasião do plantio. O vento não causaria esse sintoma, mas um estresse de transplante por ferimento de raízes não deve ser descartado. Em todo caso é bom fazer uma adubação em cada palmeira, com:
500 g de farinha de sangue ou 2 kg de torta de mamona;
NPK 20-10-10 da Ourofertil ou fórmula similar;
Pulverizações com magnésio (Biotech, Biofito, etc.) são importantes porque atuam na coloração e minimizam os efeitos que solos arenosos, ácidos e muito úmidos causam.

Abraços,

Data da pergunta: 27/08/2012 15:33:20

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *