Manutenção de gramados: cuidados com o corte

Manutenção de gramados: cuidados com o corte

Um gramado bem cuidado requer basicamente 3 práticas de manejo constantes: corte, adubação e irrigação. A mais importante é o corte, também chamado de roçada – e é sobre isso que vamos falar hoje. Acompanhe!

O corte bem feito proporciona a uniformidade do gramado. Ao cortar a grama, ocorre redistribuição de hormônios de crescimento dentro da planta e há o estímulo para novo crescimento lateral. Ou seja, quanto mais seguido o gramado for cortado, mais cheio irá ficar.

A frequência de corte irá depender de vários fatores, como objetivo ou finalidade do gramado, espécie de grama, presença ou ausência de plantas invasoras (inço), fertilidade natural do solo, etc.

Para gramados de jardins convencionais, de forma geral, podemos dividir a frequência de corte em dois tipos: intensivo (para meses de calor e boa insolação) e espaçado ou extensivo (para meses de temperaturas amenas e dias nublados).

A altura de corte é tão importante quanto a frequência. Há uma premissa básica que diz que nunca devemos cortar mais de ⅓ da altura da planta, visando a recuperação das plantas após o corte.

Para fazer a manutenção de gramados com mais praticidade, conte com os cortadores de grama e roçadeiras STIHL.

  • As roçadeiras STIHL são fáceis de usar e possuem funções ideais para reduzir o esforço e aumentar a qualidade do trabalho
  • Os cortadores de grama, por sua vez, contam com baixo nível de ruído e possibilitam o ajuste de altura, além de leveza e praticidade durante a operação.

Como aprender mais sobre manutenção de gramados?

No primeiro módulo do curso Pró-Jardim STIHL você confere as principais etapas que deve seguir para conquistar um belo gramado, desde o preparo da área e instalação da grama até a sua manutenção. O curso é 100% online, gratuito e você pode se inscrever hoje mesmo acessando aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *