Dúvidas sobre manacá respondidas

Dúvidas sobre manacá respondidas

O manacá-da-serra (de nome científico Tibouchina mutabilis) é uma belíssima árvore presente no Brasil. Apesar de popular, porém, ela pode trazer diversas dúvidas. No post de hoje, o blog Jardim das Ideias STIHL reuniu algumas das questões recebidas com mais frequência nos comentários. As respostas são da engenheira agrônoma Vânia Chassot Angeli.

Tenho um manacá-anão que estava saudável e sempre floria. Mas agora, repentinamente, ele começou a murchar, as folhas não estão amareladas, estão verdes e murchas. Tenho receio de perdê-lo. Se tiver alguma orientação, fico muito agradecida! (Pergunta de Margarete)

Folhas amareladas na parte mais de baixo dos galhos, sinaliza deficiência do adubo nitrogênio. Por outro lado, se a planta inteira está amarelada, pode ser excesso de água e apodrecimento de raízes. Porém, na entrada do outono, até o inverno o manacá fica mais “queimado” e feio, para se regenerar e florescer na próxima primavera.

Comprei minha adorável árvore manacá há alguns meses, ela era linda e formosa. Quando eu a comprei coloquei num novo vaso depois de alguns meses coloquei em vaso maior e aí sucedeu-se a desgraça, minha árvore está seca não dá mais uma folha. Seria por causa da época ou é muita ou pouca água, socorro, o que eu faço? (Pergunta de Patrycia)

Pode ser que as mudanças no vaso tenham causados estresse nas raízes e, consequentemente, toda a planta definhou. Siga cuidando dela, regando apenas quando a terra estiver seca. Lembre-se que a árvore precisa de sol todos os dias. A última dica, mas não menos importante, é sobre a adubação: para que o manacá se recupere, você deve adubar a terra pelo menos a cada 3 meses, com húmus de minhoca ou outro adubo da sua preferência, seguindo as orientações de uso do rótulo.

Plantei um pé de manacá faz uns 6 meses, está cheio de botão, mas não abre, não está saindo as flores. O que pode ser?

Os botões podem desabrochar nos próximos dias. Continue cuidando da planta, dando água na terra e se possível, coloque um pouco de adubo, bem fraco, junto da irrigação, a cada 15 dias. Assim a planta terá mais estímulos para investir nas flores e continuará se desenvolvendo.

Você tem alguma dúvida sobre plantas? Clique nesse link e envie para nossos especialistas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *