Como fazer pasta curativa para podas

Como fazer pasta curativa para podas

Este texto é especial para quem pretende realizar uma poda. Você sabia que esta prática, se mal sucedida, pode prejudicar a suas plantas? Uma poda feita de maneira incorreta pode aumentar a exposição dos troncos e galhos, deixando a árvore suscetível à contaminação. Mas calma! Bastam algumas precauções para que tudo saia nos conformes.

Os cuidados posteriores com a espécie são imprescindíveis. É aí que entra a pasta curativa. Inspirada na pasta biodinâmica, que é utilizada na agricultura biodinâmica, a pasta curativa tem função cicatrizante e é a pedida certa para aplicar sobre a árvore recém-podada, pois sela os cortes feitos e faz com que a espécie ganhe imunidade para se recuperar com saúde.

Veja o passo a passo da pasta curativa no vídeo:

Confira a lista de ingredientes e o modo de preparo abaixo!

Você vai precisar de:

• 1,3kg de húmus de minhoca
• 900g de areia fina
• 150g de cinza de madeira
• 150g de amido de milho
• 150g farinha de ossos
• 150g de cascas de ovos trituradas
• 200g de terra serapilheira
• 750g de argila (de papelaria)
• 150 ml de chá de cavalinha
• 150 ml de leite de vaca cru
• 100 ml de água de coco
• água (caso a mistura fique dura)

Como preparar a pasta curativa:

Deixe a argila de molho no chá de cavalinha para que fique maleável.

Em uma bancada, despeje a areia fina e vá acrescentando todos os secos: as cinzas – que você pode conseguir em pizzarias ou padarias, farinha de ossos (disponível em floriculturas e lojas do segmento), cascas de ovos (trituradas no multiprocessador ou liquidificador) e a terra de serapilheira.

Depois de fazer um pequeno vulcão de ingredientes, comece adicionando a argila úmida e em seguida o chá de cavalinha, o leite cru, rico em cálcio, e a água de coco, que irá repor os sais minerais.

Misture com as mãos até ficar em uma consistência cremosa para a aplicação. Se sua mistura está dura, adicione água para diluir um pouco mais.

A pasta curativa, além de cicatrizar a poda, ainda irá estimular o rebrotamento da espécie e sua árvore terá longos anos de vida saudável para sombrear, embelezar e estimular o solo do seu quintal!

Gostou desta dica? Inscreva-se no YouTube Jardim das Ideias para não perder nenhum detalhe da websérie Jardim das Ideias – 50 Dias de Verde.

Um comentário
  1. Excelente dica! Gostaria de saber se pode ser utilizada após mais de 30 dias da poda

    1. Olá, Mirian. Depois de uma semana a área de corte já está cicatrizada. Devemos passar no mesmo dia da poda, evitando entrada de doenças, oxidação e morte dos tecidos.
      Esperamos ter ajudado. Vânia Chassot, Engenheira Agrônoma

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *