Agricultura sustentável: por onde começar

Agricultura sustentável: por onde começar

A agricultura é um setor de extrema importância para o desenvolvimento do país, já que promove empregos e garante o alimento das pessoas. No entanto, a atividade pode ter um viés cada vez mais ecológico. De acordo com a OSCIP PRIMA – Mata Atlântica e Sustentabilidade , a agricultura sustentável é aquela que respeita o meio ambiente, é justa do ponto de vista social e consegue ser economicamente viável.

Se você atua na agricultura e deseja ser cada vez mais sustentável, existem alguns pontos de partida:

  • Tenha um planejamento e pesquise diferentes espécies para saber qual se adapta melhor ao espaço e clima do local onde será feito o plantio.
  • Aposte em energias alternativas, de preferências as limpas e renováveis, como energia solar, eólica e de biomassa.
  • Atente-se para a captação e reuso de água para irrigação.
  • Use de forma racional os pesticidas, de forma a não contaminar ar, solo e água, bem como não prejudicar a saúde de pessoas e animais.
  • Adote o Sistema de Plantio Direto, que, conforme a Embrapa, é efetuado sem as etapas do preparo convencional da aração e da gradagem.

Open Food Innovation Summit

Quer saber mais sobre esse assunto? Não perca a participação de Rodrigo Farina no evento Open Food Innovation Summit 2020. Farina é empreendedor no ramo de agricultura sustentável no ambiente urbano e CEO da startup de agtech, Brota Company, empresa lançada em 2020, que inovou na maneira de cultivar alimentos. Comercializa hortas inteligentes e autônomas que permitem que qualquer um possa plantar uma horta com até 9 espécies diferentes e controles digitais em sua cozinha, de maneira fácil e limpa.

O Open Food Innovation Summit 2020, evento que conta com o patrocínio da STIHL e que vai debater o futuro do alimento, acontece nos dias 14 e 15 de outubro e será 100% digital e interativo. Clique aqui para saber mais e garantir o seu ingresso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *