Uma lição de sustentabilidade

Às vezes nos esquecemos que da natureza viemos e que a elas devemos respeito e consideração. Este pequeno texto faz uma reflexão em cima de um povo que achou na natureza uma maneira sutentável de convivência.

No Golfo de Bengala, perto da Tailândia, há um grupo de ilhas conhecidas pelo nome de Nicobar. Lá, os habitantes têm como parte de suas tradições um respeito profundo pelo ecossistema das vinte duas ilhas que formam o arquipélago, ao ponto tal, que quando um camponês precisa de capim para cobrir sua casa, ou de madeira para repará-la, tem que pedir esse material ao conselho de sua ilha. Todo aquele que cortar uma árvore é obrigado a plantar a mesma espécie no mesmo local onde aquela fora extraída.

Se os nativos de Nicobar não levassem tão a sério o manejo dos recursos que dispõem, estas ilhas estariam hoje desbastadas. E, apesar da pobreza e da superpopulação, todos têm alimentos e podem arrumar madeira para levantar uma casa, ou construir um barco de pesca.

Autor: Raul Cânovas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *