Tulipas

Apresentando características bastante peculiares as tulipas, planta da família das liláceas, e ao contrário do que a maioria das pessoas deve pensar, é originária da Ásia Central, e não da Holanda – país que tornou-se mundialmente conhecido devido ao cultivo da flor.

As tulipas podem ter entre 30 e 60 centímetros de altura, suas folhas podem ser ovais, oblongas ou lanceoladas. Entre a folhagem surge a haste que dá origem sua flor, que possuí seis pétalas e tem cores variadas. Hoje são conhecidas cerca de cem espécies de tulipas, e centenas de espécies híbridas.

Para o cultivo deve ser escolhido um local fresco e com boa luminosidade, evitando-se o vento e o sol forte. Adaptada ao clima frio, onde o bulbo passa por um período de dormência durante o inverno, a planta volta a florescer na primavera seguinte. Aqui no Brasil, devido ao clima tropical, o período de dormência pode ser alterado, o que modifica a floração e duração das flores.

Para replantar os bulbos é necessário cortar a flor e retirar as folhas da planta assim que ela murchar. O passo seguinte é a limpeza dos bulbos – mantenha-os em local fresco e arejado por aproximadamente três meses. Nesta fase eles não podem ser molhados nem receber umidade. Após este período os bulbos devem ser plantados em um vaso com terra vegetal umedecida. Cubra o vaso com plástico e coloque no congelador por seis meses, em uma temperatura entre 2 e 5 graus Celsius. Após coloque o vaso em um local com boa luminosidade durante dois meses, mantendo a terra sempre úmida. Embrulhe novamente o vaso com plástico e leve novamente ao congelador, por mais seis meses. Retire o vaso do congelador e coloque em um local iluminado. A flor deve surgir em torno de 30 dias depois!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *