Saiba como cultivar a flor de lótus

O lótus é uma planta aquática, mas seu cultivo não é tão difícil quanto parece. Considerada sagrada na Ásia, a flor possui uma série de significados religiosos. No budismo, por exemplo, simboliza a vida eterna e a renovação. As flores se formam no verão, são rosadas ou brancas.

Crédito: Culturamix

O lótus se desenvolve melhor em curtos de água lentos ou lagoas de água doce, vivendo em locais de pouca profundidade. Enraíza-se no fundo lodoso. Pode ser cultivada em lagos, tanques e espelhos de água, a pleno sol. Aprecia o frio ameno e floresce mais nessas condições.

Como cultivar a Flor de Lótus

1. A espécie precisa ser plantada por meio de sementes. A casca das sementes, opaca e dura, deve ser aberta com a ajuda de uma faca de ponta fina para que o interior (camada branca) possa dar origem à primeira ramificação da flor.
2. Depois de abertas, as sementes devem germinar em um recipiente de vidro com água mineral morna. A planta deve ser deixada em um local que recebe algumas horas de sol pleno por dia até que as primeiras plântulas e raízes comecem a aparecer. Isso leva, em média, nove dias. É importante trocar a água do pote uma vez por dia.
3. Após a germinação, as sementes devem ser postas em um recipiente grande, com terra vegetal adubada. Faça alguns furos da base do pote. Coloque-o, em seguida, dentro de outro recipiente maior, cheio de água, para que o pote com terra fique submerso. Lembre-se de trocar a água do pote maior para evitar a ocorrência de larvas de mosquitos.
4. Quando surgirem as primeiras folhas, o vaso com a planta deve ser transportado para o seu local definitivo (lago, espelho d’água). Verifique se a área escolhida recebe pelo menos seis horas de sol por dia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *