Quando a grama não é boa ideia? Descubra!

Quando as pessoas pensam em jardim, logo associam com um belo gramado, certo? Mas devido à agitação do cotidiano, a urbanização das cidades e a falta de tempo para os devidos cuidados, pode ser que este conceito esteja mudando aos poucos.
O cultivo da grama exige pelo menos 2 horas de atenção, uma vez por semana. O serviço de corte, poda e organização de canteiros nem sempre combina com a rotina atarefada das pessoas.
De acordo com o jardineiro Vilmar José Botta, que há sete anos cuida de jardins na região metropolitana de Porto Alegre, é cada vez mais comum que clientes o chamem para fazer pequenos ajustes no pátio de suas residências, ao invés de grandes trabalhos com aparelhos pesados. “Ter um jardim com grama exige tempo por parte de quem cuida e também gera algumas despesas. Por isso, sou chamado para fazer trabalhos mais simples, em varandas, quintais e até em apartamentos. Muita gente não abre mão do seu minijardim, que, mesmo sem grama exige cuidados e dedicação para que fique bonito”, avisa o jardineiro.
Sem gramado, mas com muito estilo
A boa notícia é que seu jardim pode ir, sim, muito bem, mesmo sem a grama para servir de “tapete”. Arbustos e cactos são exemplos de plantas que caem bem em todos os tipos de canteiros. Para maior praticidade, caixotes de madeira são uma alternativa econômica para esta função. Nestas horas, a criatividade deve ser a principal aliada de quem deseja ter o seu sonhado cantinho de descanso e lazer.
Há quem seja adepto da grama artificial. Esta pode ser uma boa saída para quem pode investir um pouco mais, mas não quer se ocupar tanto com a manutenção. É importante lembrar que existem profissionais especializados para decorar ambientes e que podem dar um toque ainda mais acolhedor para o seu jardim.

O que se percebe é que existe uma tendência econômica e sustentável para que as famílias possam aproveitar momentos ao ar livre, independente do tamanho do pátio. E são estes momentos que possibilitam lembranças inesquecíveis.

Gostou das dicas? Vamos colocar a mão na massa e deixar esse espaço mais o seu jeito.  Acesse o portal Jardim das Ideias STIHL e confira nossas dicas de cultivo e muito mais. Até a próxima!
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *