Pergunta de Lídia Cristina Silva Orsini

Nome: Lídia Cristina Silva Orsini
Cidade: Barra Mansa – RJ
Pergunta: Olá, pessoal, me chamo Lídia sou de Barra Mans-RJ, estou com um problema com terrários pois já fiz três terrários abertos com suculentas e cactos seguindo vários passo a passo que achei na internet , coloquei pedras pra drenagem, areia misturada com substrato , carvão , areias coloridas pra decorar e pedras decorativas o problema é que todos apresentarão o mesmo problema depois de plantada as mudas logo começaram a apodrecer da raiz para cima e já fiz um de teste sem aguar após o plantio e mesmo assim melaram, logo pensei se poderia se o calor do vidro que absorvido pela terra causaria tal dano, mas sinceramente não sei a resposta pro problema, espero que possam me ajudar a encontrar uma resposta a este problema.
Desde já agradeço.



Resposta: Olá Lídia, tudo bem?

Muito provavelmente é algum fungo ou bactéria. Para tentar evitar esse problema deves tomar alguns cuidados. Primeiramente, defina o tipo de recipiente, aberto ou fechado, depois lave-o muito bem com água e sabão, enxague para não ficar nenhum resíduo do sabão e deixe secar de um dia para o outro. 

Após defina as plantas que usará e procure detalhes sobre sua manutenção. Por exemplo, se a planta se adapta a sombra, se tolera alta umidade, se irá crescer mais que o local onde será colocada, etc… 

SUGESTÃO: Comece pelas plantas pequenas e que toleram umidades altas. Escolha um local onde tenha luz (meia sombra) e temperatura constante, sem muito calor. Embora necessitem de calor, o excesso dele pode ser prejudicial e causar problemas as plantas, lembrando que o vidro pode tornar-se uma lente e aumentar o calor, como você observou muito bem. 

A rega dos terrários é o ponto mais delicado e deve se ter muita atenção nela. Para realizar a rega, procure conhecer um pouco da fisiologia da planta e adequar a rega ao tipo de recipiente. Recipientes abertos devem ter regas mais frequentes duas a três vezes a cada 10 dias, os fechados uma a três vezes a cada 30 dias. As regas devem ser realizadas, preferencialmente, de maneira direta no solo, ou dispensadas na parede do recipiente de maneira cuidadosa. Exceto em casos mais específicos, como bromélias que necessitam água diretamente em suas folhas. A quantidade também é muito importante e deve ser observada. Molhe apenas para a terra ficar úmida. 

OBS.: Ambientes mais quentes necessitam de mais regas do que os mais frios. 

Em terrarios podemos observar como o ecossistema funciona, em muitos casos compreendemos que um ser vivo ajuda o outro, ou até mesmo pode destruir o outro, conforme o que lhe é oferecido e disponibilizado.

Espero ter ajudado.
Fágner Henrique Heldt
Biólogo   
Data da pergunta: 09/02/2015 10:36:56

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *