Pergunta de Andréa Feitosa e Silva

Nome: Andréa Feitosa e Silva
Cidade: S??o Paulo – AC
Pergunta: Raul,querido paisagista!!! (me refiro assim, pois de tanto ler seu blog parece que vc é um grande amigo, tamanha minha admiração!)
Bom dia flor do dia!! hahah
Nos fundos da minha casa (mas na casa vizinha) há um gigantesco cedro que agora está com sua copa direcionada todinha para sombrear minha casa – acho que ele gostou da energia daqui…
Pois é, o outro vizinho veio até mim dizendo que quer solicitar na justiça a retirada da árvore pois cai muitas folhas (veja só!) e ao limpar o telhado ele já tombou-se de lá de cima; e alguns galhos da árvore já quebraram (numa ventania) algumas telhas.
Mas, me mostrei contra sua idéia (afinal a árvore encontra-se ali muito antes da gente, nós que estamos “invadindo o ambiente dela”) e sugeri que solicitássemos à “dona do cedro” uma inspeção para apurar a saúde da árvore.
Gostaria de saber que tipo de inspeção eu poderia chamar e como cuidar deste cedro – pois vou candidatar-me para isso.
Um abraço! e obrigada desde já!



Resposta:

 Querida Andréa,

tomara consiga, algum dia, sentir por mim essa admiração que você manifesta. Às vezes penso que a única coisa real na minha vida é ir atrás de uma proposta honrada com a natureza, obedecendo às diretrizes que ela projeta para aqueles que, como eu, tem a mania e a arrogância de melhorar a paisagem.

Com respeito ao cedro, aconselho entrar em contato com a Prefeitura, pelo telefone 156 ou ir até a sede da Subprefeitura da região e solicitar uma vistoria. Técnicos da subprefeitura local irão até o endereço indicado, para realizar o diagnóstico da planta e definir o tratamento mais adequado.

Além do mais as associações de bairro, originadas da espontânea participação e organização dos moradores são importantíssimas para a melhoria da qualidade de vida de uma comunidade.

Cortar uma árvore, só porque derruba folhas, é motivo banal e não será considerado por nenhum órgão competente.

Um abraço grande

Data da pergunta: 15/12/2010 9:16:26

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *