Pau-brasil

 
Fotos: Mauro Guanandi

Muitas árvores estão florindo nesta época: os ipês cor de rosa, as tipuanas amarelas, de vez em quando alguma sapucaia de flores violáceas, aparece como que beijando o Rio São Mateus, no Espírito Santo; também os paus-de- rosas, no cerrado e os mulateiros, na região amazônica, que se enfeitam com longas espigas brancas, chamando a atenção de milhares de abelhas que procuram seu néctar. Há também, o pau-formiga, radiante por causa de suas inflorescências de cor salmão e os aldragos, os jequitibás, os angicos e tantos outros que agora marcam presença.

Mas me responda: você já viu um pau-brasil florido agora, em outubro? Pois é, não é algo tão comum assim. Na Bahia, no Espírito Santo, em Pernambuco e no Rio de Janeiro ele era mais freqüente, especialmente nas matas atlânticas. Digo era porque, entre 1503 e finais do século dezenove, foram derrubadas 70 milhões de pés, para serem embarcados com destino a Portugal.

Que tal plantar uma muda desta árvore que deu o nome ao nosso país? O Brasil é a única nação a ter nome de árvore. Então, não acha uma boa idéia juntar o sentimento de amor e devoção à pátria com o carinho e zelo que devemos sentir pela natureza?

Autor: Raul Cânovas
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *