O vaso certo para suas plantas

Mais do que a escolha correta das plantas, um jardim bonito também se caracteriza pela seleção criteriosa dos recipientes que irão acomodar suas flores. De diversos materiais, tamanhos e profundidades, os vasos podem criar dúvidas naqueles jardineiros de primeira viagem.

A primeira característica a ser observada em um vaso é o seu tamanho. Por mais que a planta seja pequena, você precisa atentar ao fato de que ela irá crescer e o vaso precisa ser grande o suficiente para acomodar caule e raízes.

Para a escolha correta do material, saiba o local onde o vaso estará localizado. Em ambientes externos, à mercê da chuva, vento e temperaturas extremas, o material ideal é o cimento, cerâmica, fibra de vidro ou madeira resistente (de alta qualidade). Estes materiais garantem a durabilidade maior dos recipientes e mantém aspecto estético original por mais tempo. Evite plástico, metal e madeira de baixa qualidade. Além de o metal enferrujar quando exposto a intempéries, tanto ele quanto o plástico não permitem boa drenagem. Já a madeira de baixa qualidade terá deterioração acelerada.

Os vasos de plástico são muito frágeis. Se forem de cor preta, é bom evitar exposição direta ao sol, pois eles esquentam muito e podem ser prejudiciais às raízes das plantas. São indicados para pequenas mudas que serão posteriormente replantadas, lembre-se disso.

Os ambientes internos permitem uma liberdade muito maior em relação à escolha do seu material e de sua forma. Se ele for muito grande, pode prejudicar seu deslocamento, caso precise ser movido de lugar por causa da posição do sol. 

Com esses pequenos cuidados, é possível ter vasos e plantas bonitos por mais tempo. E claro, é possível soltar a imaginação e criar vasos incríveis. Já conferiu nossa fanpage no Facebook? Lá você encontra ideias incríveis para deixar o décor com plantar mais divertido e lindo!
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *