O mercado de paisagismo entra em crise nos Estados Unidos

A economia americana, em tempos de recessão não perdoa seus cuidados jardins

Uma pesquisa recente efetuada pela National Gardening Association mostra que as vendas dos insumos ligados ao paisagismo e a jardinagem, nos Estados Americanos, totalizaram US$ 39,6 bilhões em 2007, caindo para US$ 36,8 bilhões, no ano de 2010, pouco mais de 7%.

Esta pesquisa indica como os norte-americanos, sempre tão inclinados ao hobby da jardinagem, cortaram gastos incluindo as plantas como supérfluos.


Gertens Paisagismo

Warren Randolph, do Departamento de Marketing da Gertens, uma das maiores floriculturas e produtoras de plantas ornamentais do Estado de Minnesota, acredita que a crise do segmento no país se deve a atual conjuntura do mercado imobiliário.

Para mudar essa situação, Randolph acredita que, mais do que fazer descontos nos preços das mercadorias dos garden centers , é necessário fazer com que a juventude se interesse pela jardinagem, pois são eles os atuais compradores de imóveis no país.

É uma noticia sugestiva, porque sempre achei que devemos, aqui no Brasil, investir em educação ambiental nas escolas. Isto garantiria, futuramente, uma geração que respeitasse os ecossistemas cuidando, simplesmente, do pequeno jardim de cada um e da pracinha do bairro onde moram.

Autor: Raul Cânovas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *