Marmeleiro a origem do marmelo

Originário das regiões da Ásia Menor e Sudoeste da Europa o Marmeleiro (Cydonia oblonga) pertence à família das Rosáceas e é uma árvore de porte médio, atingindo entre 3 e 6 metros de altura. Suas folhas são oblongas e caducas, tem sistema radicular superficial e fasciculado, com tronco tortuoso e copa arredondada. É uma árvore melífera (ou seja, produz néctar nas flores e nas folhas) com flores alvas ou róseas, quando maduros os frutos são, normalmente, amarelos, grandes e bastante aromáticos.

São árvores que se adaptam bem em regiões de clima fresco, solos férteis, ricos em matéria orgânica e não sujeitos a encharcamento. Durante o inverno as plantas perdem suas folhas e entram em dormência até o início da primavera, quando ocorre a brotação. Para que haja a frutificação (entre os meses de setembro e novembro) é necessário o plantio de outros marmeleiros com carga genética diferente, pois a polinização é cruzada. Normalmente cada flor da árvore se torna um fruto. A propagação é feita por enraizamento de estacas e por enxertia.
Aqui no Brasil o fruto é consumido quase que exclusivamente na forma industrializada, para a produção da marmelada. Geléias, xaropes e licores de marmelo também são encontrados no comércio. O marmelo cru é uma boa fonte de vitamina C (durante o cozimento parte desta vitamina é perdida), a fruta também contém vitaminas do complexo B e sais minerais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *