?? hora de plantar!

entre os dias 22 e 29 de setembro a lua está em Quarto Crescente

Neste período o ângulo entre a Terra, o Sol e a Lua é praticamente reto e enxergamos a metade esquerda do disco lunar iluminada. Nesta fase, nosso satélite natural, nasce aproximadamente ao meio-dia e se põe à meia-noite. A cada dia que passa sua luz aumenta tornando-se mais visível. Sua aparência é o de um semicírculo voltado para o Oeste. Aqui, no hemisfério Sul, vemos algo similar a letra “C”.

São sete dias para serem aproveitados plantando, e transplantando, já que nessa fase a seiva flui com toda força em direção das folhas. É o momento mais propício para semear tudo que cresce acima da terra: verduras, legumes, morangos e claro, muitas flores para alegrar a primavera. Quando digo para cima da terra, estou excluindo beterraba, alho, batata, cenoura e outras que são raízes ou tubérculos comestíveis, semeados preferentemente na minguante, que é quando a seiva diminui, atraindo as forças para a parte inferior das plantas.

Nesta semana de setembro, com mais chuvas e aumento de temperatura, em grande parte do Brasil, as adubações feitas com fertilizantes compostos, conhecidas como NPK são benvindas, especialmente aquelas que trazem um maior incremento no nitrogênio (N), como por exemplo 30-10-10 ou 20-5-10. Isto estimulará o crescimento de folhas, aumentando seu tamanho e intensidade de verde. A colheita de ervas, que serão colocadas para secar, também encontra um momento perfeito: segurelha, louro, hortelã, tomilho, manjerona, lavanda, alecrim, orégano e erva-cidreira podem ser amarradas e penduradas de ponta cabeça em um ambiente seco e arejado, sempre à sombra.

O tratamento dos gramados encontra nestes dias um bom auxilio no seu desenvolvimento. Coberturas como a indicada no nosso vídeo “Como fazer a cobertura do gramado” e, ainda, aplicações com 30 g por metro quadrado de fertilizante Dimygrass, cuja fórmula 25-5-15 + 11% de enxofre garante uma excelente nutrição, vão dar um verde bonito nesse tapete natural.

Mãos à obra, então!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *