Flor-de-mel: descubra os encantos da Lobularia Maritima

Flor-de-mel: descubra os encantos da Lobularia Maritima
Pétalas brancas e arredondadas. Até parece um desenho de tanta beleza e perfeição. Hoje é dia de saber um pouco mais sobre a Lobularia Maritima, conhecida como aliso, alisso-doce, flor-de-mel, tomelos, açafate-de-prata, escudinha ou alyssum.
Miudinha e perfumada, a flor-de-mel leva esse nome por causa do seu aroma, muito parecido com a produção das abelhas. E os insetos a adoram, é claro. Ou seja, se você quer a visita de borboletas no seu jardim, aposte nessa espécie.
Lobularia Maritima pertence a uma grande família de flores, a Brassicaceae. Ela é muito cultivada na primavera e floresce em grande quantidade durante o verão, deixando as folhas verdes quase imperceptíveis de tanto que ocupam espaços da paisagem. Uma belezura só.
Como cuidar da flor-de-mel?
A planta gosta de sol pleno. Para seu perfeito florescimento, invista em um solo composto por terra de jardim e terra vegetal, com regas regulares para não deixar a flor morrer. Depois do cultivo, é fácil mantê-la! Você pode cultivar como um complemento no paisagismo do seu jardim, separadas em locais estratégicos, longe de outras plantas ou até mesmo em vasos, cestos, pois elas sobrevivem até entre pedras.
Apesar de a coloração branca ser a mais comum e procurada por paisagistas, você também encontrará por aí nas cores rosa, alaranjada ou roxa. A altura da planta pode chegar até 30 centímetros de altura, com suas flores medindo em torno de 7 centímetros de diâmetro.
Onde encontrar flor-de-mel?
Bastante popular no Brasil, a escudinha pode ser encontrada facilmente em floriculturas, casas especializadas e garden centers. Vale pesquisar pela sua região.
Esta linda flor deixará você encantado com sua beleza e perfume todos os dias. Continue acompanhando nossas postagens e deixe seu jardim ainda mais belo.
Curta a página do Jardim das Ideias para conferir dicas sobre jardinagem todos os dias. > https://www.facebook.com/jardimdasideiasstihl
Um comentário
  1. Achei muito lindo,pois crio jatai hora que vi achei ideal para Jataí. Primeira vez vejo essa flor .

    1. Olá, tudo bem? Que demais, Cecília! Ficamos muito felizes em saber disso! ♥

  2. Muito legal!
    Quero plantá-la em vaso. Como faço? O vaso deve ser furado, com argilas no fundo? Ou pedras? Preciso usar substrato?
    Muito obrigada.

    1. Olá, Ana Paula. Você pode usar um vaso relativamente raso (cerca de 15 centímetros de profundidade já é suficiente). Garanta que o vaso tenha pelo menos um furo na parte de baixo, para escorrer o excesso de água. Faça uma camadinha de drenagem, com britas ou pedriscos, em seguida coloque uma camada de tecido para filtrar o substrato e impedir que a terra saia do vaso. Plante a mudinha completando o vaso com o substrato comum ou terra preta. Molhe a terra logo em seguida, para acomodar as raízes.

      Lembre que a flor-de-mel é uma forração de sol, e deve permanecer em ambiente externo ou interno, desde que pegue sol todos os dias. Molhe a terra sempre que necessário.

      Vânia Chassot, Engenheira Agrônoma.

  3. A flor de mel pode ser usada em quarto de crianças, sem risco de intoxicação durante a noite?

    1. Olá, Eliane. Pode, sim. Vale lembrar que a flor-de-mel é uma espécie que precisa de pelo menos 4 horas de sol diário para seu bom desenvolvimento. Por isso, garanta que este ambiente seja ensolarado. Durante a noite, evite deixar as janelas completamente fechadas, pois o aroma de mel pode ser mais intenso, principalmente em dias secos, quando as flores exalam mais os aromas.
      Esperamos ter ajudado!
      Um abraço,
      Equipe Jardim das Ideias
      *colaborou com a resposta a engenheira agrônoma Vânia Chassot Angeli

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *