Dicas sobre como plantar sementes: como preparar o solo e fazer os primeiros transplantes

Crédito www.cemara.com.br

* O solo deve estar esterilizado para receber as sementes. Você pode encontrar este tipo de substrato pronto, mas pode fazê-lo em casa: misture ¼ de terra comum de jardim, ¼ de areia e 2/4 de terra vegetal (composto orgânico). Coloque no sol até a secagem completa, revirando o solo de vem em quando. O ideal é 24 horas de sol, no mínimo. Você também pode colocar o solo no forno por 30 minutos para cada quilo de substrato. O solo fertilizado é muito importante pois evita que as sementes fiquem em contato com bactérias, fungos ou outras pragas, apodrecendo ou sendo devoradas antes mesmo de germinarem.

* Evite utilizar fertilizantes orgânicos não decompostos na fase inicial do plantio. O substrato pode fermentar e matar as germinações. Você também deve evitar o nitrogênio, substância muito forte para as raízes frágeis que estão em desenvolvimento. Uma boa dica é utilizar fertilizantes ricos em fósforo e potássio, como NPK 0.20.20, 0.30.20 ou 4.14.8: isso garante raízes fortes e vigorosas. O calcário ajuda a controlar o pH do substrato.

* Deposite 2 a 5 sementes em cada recipiente. De modo geral, você deve cobrir cada semente com substrato peneirado em uma camada com cerca de 2 a 3 vezes o seu tamanho. Algumas são tão pequenas que não precisam de cobertura.

* Irrigue o cultivo com água da torneira descansada, evitando contato muito direto com o cloro. As regas devem manter o substrato úmido, mas sem encharcamento. A falta de água no processo de germinação causa a morte da planta.

* Quanto à luz, deixe as sementeiras em local iluminado, porém sem sol direto. Um bom lugar, por exemplo, é uma janela que pegue o sol da manhã ou do final da tarde, protegendo as plantinhas dos ventos fortes.

* Depois que as plantas estiverem com 2 ou 3 pares de folhas, você deve retirar cuidadosamente das sementeiras aquelas mais fracas e doentes, deixando apenas uma em cada célula. As mudas saudáveis retiradas poderão ser replantadas em novos recipientes. Quando atingirem 10 cm de altura, você pode transferir a planta para o seu local definitivo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *