Conheça 3 plantas em extinção na Amazônia

Conheça 3 plantas em extinção na Amazônia
Um dos principais apelidos da Amazônia é “pulmão do mundo”. Não é pra menos! A floresta é conhecida pela extrema diversidade biológica. Para se ter uma ideia do quanto esta área é rica em manifestações de vida,  segundo a ONG WWF (em parceria com o Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá) cerca de 381 novas espécies de animais ou plantas foram descobertas no local entre 2014 e 2015. O número equivale a uma nova espécie encontrada a cada dois dias. No total, existem cerca de 40 mil espécies de plantas, de acordo com dados oficiais do Greenpeace.
Só que até um paraíso ecológico destes pode sofrer grandes perdas na sua flora. Tanta beleza natural atraiu o olhar de pessoas em busca de uma oportunidade de explorar a extração de madeira ou até mesmo coletar propriedades medicinais e cosméticas, em meio a tanta área verde. Por isso, vamos listar abaixo três plantas que você já deve ter ouvido falar, mas que estão gravemente ameaçadas de extinção na Floresta Amazônica.
Castanheira – Também conhecida com Castanheira-do-Pará, seu nome científico é Bertholletia Excelsa. É uma árvore alta e bela que pode atingir entre 30 e 50 metros de altura e 1 a 2 metros de diâmetro, uma das maiores encontradas na Amazônia.
Seu fruto leva em média um ano para amadurecer, é do tamanho de um coco e pesa cerca de 2kg. A casca é extremamente dura e contém de 8 a 24 sementes, que são as populares castanhas, vendidas a Granel em lojas naturais e frequentemente usadas pela indústria cosmética para desenvolver cremes hidratantes.
A castanheira está na lista das espécies ameaçadas de extinção do Ministério do Meio Ambiente e a principal causa para isso é o desmatamento. No Brasil, castanhais são derrubados para construir estradas, barragens, assentamentos de reforma agrária e para a criação de gado.
Andiroba – Esta também é uma árvore de grande porte que chega a 30 metros de altura. O óleo que pode ser extraído das sementes da planta tem propriedades fitoterápicas e também é muito usado para a produção de antissépticos, anti-inflamatórios e cicatrizantes.
Apesar do tamanho, esta não é uma planta muito forte. Por isso, as fortes chuvas e derrubadas são fatores que contribuem para que a espécie se torne cada vez mais escassa.
Pau-Rosa – Esta árvore pode atingir cerca de 30 metros de altura e chama atenção pela beleza de suas flores. Desta árvore é extraído um óleo que utilizado na formulação de diversos perfumes, inclusive de famosas marcas internacionais.
Nos últimos 40 anos, a estimativa é de que dois milhões de exemplares de Pau-rosa foram abatidos em 10 milhões de hectares da Floresta Amazônica. Pra produzir 10 litros de óleo, é preciso derrubar uma árvore de mais ou menos uma tonelada.
Em 1992, a espécie foi classificada como ameaçada na lista do Instituto do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).
Meu Jardim Minhas Ideias
Seja um gramado bem verdinho, um canteiro florido, uma árvore bonita ou aquele cantinho verde especial. É hora de fazer o seu jardim e concorrer a um prêmio especial! Participe do Concurso Cultural “Meu Jardim Minhas Ideias STIHL” e concorra a prêmios para fazer ainda mais bonito em seu espaço verde. Quer saber mais? Confira aqui: https://goo.gl/cDnnVJ
Curtiu nossas dicas? Confira posts novos todos os dias aqui em nosso Blog! 😉
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *