Como formar uma horta

Comece escolhendo a área mais plana do terreno, porque naquelas em declive as águas da chuva acabam levando a camada superficial do solo, que é a que contém os nutrientes indispensáveis para as verduras que serão cultivadas.

Evite os espaços que são mais castigados pelos ventos, já que estes ressecam por demais as hortaliças. Pronto! Agora cavoque a terra deixando ela bem fofa e sem mato.

Com a mesma enxada que usou na capina organize os canteiros, eles devem ficar a 15 cm de altura, se o terreno escolhido tiver um solo úmido, caso contrário podem ser feitos a nível do chão. A largura ideal é de 1,20 m e o comprimento máximo de 8,00 m. Deixe 60 cm entre os canteiros, uma distância menor pode prejudicar os trabalhos de lavoura posteriores.

Um substrato fino misturado a terra, que deve estar livre de qualquer tipo de entulho, é aconselhável para que as sementes germinem bem. Pode-se adicionar, também por m²:

– 2 k de esterco de boi, cavalo ou porco, bem curtido ou 700 g de esterco de galinha;
– 100 g de torta de mamona;
– 250 g de farinha de osso ou de sangue;
– 2 litros de cinzas de lenha, limpas de gordura e de sal;
– 10 g de salitre do Chile;
– 50 g de superfosfato simples ou 40 g de termofosfato magnesiano.

Autor: Raul Cânovas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *