Como fazer seu próprio biofertilizante

Um dos mais completos fertilizantes para uso em jardinagem, plantas ornamentais, hortaliças e folhagens, o biofertilizante é também um excelente repelente natural de insetos. Confira abaixo a receita para produzir o material em casa.

Crédito agrariossaocarlos.blogspot.com

Você vai precisar de:
– 1 recipiente (o ideal é um garrafão de água de 20 litros ou uma bombona de 50 até 200 litros)
– esterco bovino fresco
– água não clorada (pode ser de fontes, poços ou água da chuva. Outro modo de obter a água não clorada é utilizar água da torneira e deixar descansar destampada por pelo menos 24 horas).

Modo de fazer:
Misture 50% de água e 50% de esterco no recipiente. Deixe fermentar naturalmente. O recipiente deve ser fechado, evitando a entrada de ar. No entanto, como a fermentação produz gás metano, que pode provocar a explosão do recipiente, deve ser utilizada uma mangueira na tampa do galão de água. A ponta da mangueira deve ficar dentro de uma garrafa pet com água.
Após 30 dias o biofertilizante estará pronto para o uso.

USOS
– Para a pulverização da plantas, coe e biofertilizante para evitar o entupimento do pulverizador. Pulveriza as plantas a cada 8 ou 10 dias.
– Para a irrigação, os intervalos são os mesmo: a cada 08 ou 10 dias. A concentração ideal é de 25% de biofertilizante para 75% de água. Dilua, portanto, 2,5 litros de fertilizante em 10 litros de água.
– O fertilizante pode ser utilizado puro, sem diluir, na terra dos vasos. Isso ajuda a eliminar bactérias e fungos nocivos que podem contaminar o substrato. Aplique o produto na terra e deixe descansar de 4 a 5 dias antes de utilizar.
– A substância também pode ser utilizada no tratamento de sementes, prevenindo o ataque de pragas e doenças e fornecendo o fertilizante inicial para a planta em formação. Deixe as sementes de molho por 4 a 5 minutos e depois as coloque para secar na sombra. Em seguida, plante-as.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *