Como fazer farinha de osso

A farinha de osso é rica em fósforo (P), cálcio (Ca) e magnésio (Mg), substâncias que muitas vezes estão em falta no solo. Por isso, o produto é indicado para corrigir problemas nutricionais das plantas. No entanto, comprar farinha de osso pode sair bastante caro. Por isso, vamos te indicar uma receita simples para fazer em casa.

Existem três tipos de farinha de ossos no mercado: a crua, a desengordurada e a desgelatinizada. Estas três variedades são feitas com a utilização de máquinas específicas. Mas existe a receita da farinha de osso calcinada, que pode ser feita em casa.

Crédito proasa.blogspot.com

1º passo: consiga uma porção de ossos em algum açougue. Submeta-os a altas temperaturas, de modo que queimem completamente. Você pode fazer este procedimento em uma pequena fogueira ou uma churrasqueira em desuso. Quando os ossos começam a queimar eles mudam de cor, inicialmente ficando completamente pretos e depois brancos. Isso significa que calcinaram.

2ª passo: quando os ossos esfriarem, você notará que eles se quebram facilmente. Você pode utilizar um triturador, um moinho ou pilão (em último caso, até um martelo) para moer o osso. Uma porção de 10 quilos de osso rende aproximadamente 5 a 6 quilos de farinha, com 35% de fósforo. No entanto, a farinha feita deste modo é pobre em nitrogênio.

Dica 1: se for utilizar a churrasqueira para queimar os ossos, certifique-se de que ela esteja bem limpa, pois o sal pode contaminar o osso e ser prejudicial para as plantas.

Dica 2: Certifique-se de queimar completamente os ossos, evitando a contaminação do meio ambiente que pode decorrer da utilização inadequada do produto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *