Como cuidar de azaleias

A azaleia é uma flor vinda da
Ásia, mas especificamente do Japão e da China. Ela se adaptou muito bem as
terras tropicais do Brasil e virou uma paixão nacional. Porém, você sabe como
cuidar para essa plantar crescer saudável e bonita? Vamos dar as dicas que você
precisa nesse post!

Cientificamente elas são chamadas
de Rhedodendrom e possuem diversas ramificações de espécies. Ainda na
antiguidade, elas foram levadas para a Holanda pelos europeus, onde passaram
por melhoramentos genéticos e são as flores que temos hoje no jardim. As cores
mais comuns são vermelho, rosa, roxo, branco e as combinações entre elas.

A azaleia possui um ciclo de
reprodução de cerca de 13 meses. As mudinhas já se formam a partir de 5cm,
resultantes dos brotos em formação. Por ser um arbusto rústico, a azaleia se
adapta bem a qualquer tipo de solo, porém, para que sua florada seja maior e
mais colorida, o ideal é cultiva-la usando a seguinte mistura de solo:

· 2 partes de terra comum de
jardim

· 1 parte de areia

· 1 parte de composto orgânico

As azaleias quase nunca conseguem
florescer dentro de casa, pois precisam de luz solar plena para crescerem bem.
Para mantê-las em áreas internas, deixe as plantas fora de casa até que as
flores se abram, só então elas podem ser levadas para dentro, mas é preciso que
fiquem em um local bem claro, próximo à janela. O cultivo pode ser feito à
meia-sombra desde que a planta receba luz solar direta pelo menos 4 horas por
dia. Evite o excesso de água nas regas: o ideal é fornecer água à planta apenas
quando o solo apresentar-se seco, sem encharcar.

Depois da floração vem a época da
poda. Ela é importante, pois estimula o crescimento de novos brotos e
intensifica a vinda da florada. Retire flores e folhas que estejam murchas,
amareladas ou queimadas. Assim que não houver mais flores, retire os galhos em
que estão “sobrando” ou crescendo descontrolados para os lados e apare apenas
as pontas dos demais ramos, sem exageros e com cuidado. Essa limpeza e esse
tipo de poda faz com que a azaleia cresça e floresça com mais força no próximo
ciclo.


Fonte: Vini Luzzi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *