Bono Vox

O líder e vocalista do U2 é um defensor das políticas que defendem o Meio Ambiente

Quando viaja com sua banda, Paul David Hewson, o Bono Vox, aproveita para interagir com líderes políticos, com entidades religiosas e filantrópicas e com as organizações ambientais, ciente de que seu ativismo geopolítico não se sustentaria em um mundo devastado. Em 2008 participou, junto a crianças em Tóquio, do plantio de árvores em um aterro.


Bono Vox planta árvores no Japão

Ele, que escreve todas as letras da banda, na maioria das vezes usando temas sociais, religiosos e políticos, ajudou a plantar no ano passado, na Mata Nacional de Vale de Canas, cerca de 1000 árvores nativas, graças a uma iniciativa do Município de Coimbra, contribuindo para minimizar a tragédia dos incêndios nos bosques da região, em 2005, que prejudicou castanheiros, pinheiros, medroeiros, zambujeiros e loureiros. Pelo que eu sei, o maior eucalipto de Portugal, com 70m de altura, não foi afetado.

Nomeado para o prêmio Nobel da Paz em 2003, 2005 e 2006, a revista Time considerou o Bono como uma das "100 Pessoas Mais Influentes" em sua edição especial de maio 2004, e novamente em 2006. Em 2007 lhe foi concedido o título de Cavaleiro da Rainha .

Certa vez ele disse: “Quer fazer a diferença? Então pare de pedir a Deus que abençoe o que está fazendo e se envolva naquilo que ELE esta fazendo”.


Em encontro com a presidenta Dilma Rousseff, Bono revelou preocupação em relação à reforma do Código Florestal, proposta rejeitada por ambientalistas.

Nesta quarta feira o show, no estádio de Morumbi foi assistido por 90.000 pessoas. No palco um roqueiro politizado deixava uma mensagem de paz. Espero que, os políticos estrelados captem o recado deste irlandês que se transformou em cidadão do mundo.

Autor: Raul Cânovas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *