As Palmeiras no Brasil

As palmeiras juntamente com as árvores, arbustos, gramados e plantas rasteiras constituem elementos componentes de parques e jardins. São as plantas mais características da flora tropical, com capacidade de transmitir ao meio em que são cultivadas, algo do aspecto luxuriante e do fascínio das regiões tropicais. Por isso as palmeiras são elementos importantes na composição do paisagismo nacional.

Elas estão entre as plantas mais antigas do globo, e seus vestígios remontam a mais de 120 milhões de anos. O Brasil é muito rico em espécies de palmeiras, sendo assim plenamente justificada a denominação “Pindorama”, aplicada pelos indígenas para designar o território ocupado no país pelas palmeiras.

As palmeiras são multiplicadas por sementes e de maneira excepcional por divisão de touceiras quando são cespitosas. As sementes germinam bem quando novas, retiradas de frutos amadurecidos, recentemente colhidos, e que não foram guardados por tempo muito prolongado.

Os frutos maduros são reconhecidos pela cor característica que possuem nesse estado e que se desprendem naturalmente dos cachos. Se forem colhidos imaturos a germinação é muito falha ou não ocorre, porque o endosperma achar-se ainda aquoso, não solidificado.

Fonte – Palmeiras no Brasil: nativas e exóticas


 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *