Aprenda como regar corretamente suas plantas

Muita gente acredita que
a rega é uma das partes mais fáceis
da manutenção de uma planta, mas se engana quem pensa assim. Apesar dessa
atividade não ser nenhum bicho de sete cabeças, ela exige alguns cuidados e
varia muito de planta para planta. Pra você não erra e prejudicar o
desenvolvimento da sua plantinha, confira algumas dicas especiais que
preparamos!

 

Vamos começar pela
melhor hora para regar. O período da manhã e o fim da tarde, depois das 15h,
são os melhores horários. O meio-dia é o pior horário, pois por causa do calor
a água acaba evaporando. A rega à noite também deve ser evitada, porque nesse
período as plantas não absorvem a quantidade necessária de água, e as folhas
demoram a secar, podendo gerar fungos.

 

Decidir a frequência da
rega já é uma parte mais complexa, pois algumas exigem mais água e outras nem
tanto, como as suculentas. Isso sem falar que a temperatura também ajuda
definir se a planta precisa de mais ou menos água. Por isso, o mais indicado é
mexer a terra com dedo para verificar se ela está seca ou úmida. Se estiver
molhada, é sinal de que ainda não é a hora de regar novamente.

 

Também não existe uma
quantidade certa, mas a dica que vale é nunca encharcar a terra, pois isso
“afoga” as raízes, que carecem de ar, e aumenta o surgimento de doenças e
fungos. Procure regar lentamente e faça pausas à medida que perceber que a água
está demorando a penetrar na terra ou quando ela estiver escorrendo no fundo do
vaso.

 

Outra dúvida muito comum
é se as folhas podem ser molhadas, mas claro que isso depende do tipo de
planta. Mas em resumo, não é necessário molhar as folhas, o correto é aplicar a
rega na base da planta ou nos pratinhos.

 

E você tem alguma outra
dúvida sobre como deve ser feito a rega? Escreva nos comentários 😉

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *