Como controlar a erva-de-passarinho

Como controlar a erva-de-passarinho

Desconhecida por alguns e odiada por muitos, a erva-de-passarinho é uma parasita capaz de complicar a vida e a energia de árvores saudáveis. Esta planta do gênero Phoradendron é
transmitida por meio das fezes dos passarinhos, que consomem as sementes dos seus galhos e, por meio de sua digestão, acabam incentivando a germinação.

De difícil eliminação, a erva-de-passarinho é fonte de raízes chamadas de haustórios, capazes de penetrar no interior do caule e sugar a seiva da árvore.

A melhor saída para combater os efeitos negativos desta espécie é a poda. Esta ação deve ser feita durante o inverno, anteriormente ao desenvolvimento das sementes do parasita.

A explicação para esta escolha é simples: é durante o inverno que as folhas secam e a erva-de-passarinho é facilmente identificada. Para remover esta praga, corte os
haustórios do parasita e raspe os galhos com muito cuidado.

Não é necessário utilizar herbicida, pois estas ferramentas podem prejudicar a saúde frágil da árvore já afetada.

Após este processo, fique de olho na proliferação da espécie. Algumas pequenas mudas podem aparecer e devem ser removidas rapidamente. É importante lembrar: jamais ataque os animais.

Eles não devem ser responsabilizados por possíveis danos à sua árvore, já que elas também são suas fontes de vida.

Um comentário
  1. Como conhecer a erva desde o início da germinação já tenho um pé de fruta atacada pela a erva, encontrei algo que parece uma cemente com uma ventosa e tem duas folhinhas e tem um líquido que parece uma cola uma cola será um tipo de erva de passarinho?

    1. Olá Djanira, tudo bem? Agradecemos seu comentário! É muito provável que sejam sementes de erva de passarinho, pelo que relatou. Muitas vezes são de difícil verificação, devido às estratégias de dispersão, podendo ficar nas forquilhas das árvores. São mais fáceis de identificar logo no começo de seu crescimento, momento mais propício para sua retirada. Esperamos ter ajudado!

      Fágner Henrique Heldt
      Biólogo

  2. Boa tarde. Aqui em casa, é no pé de acerola. Todo ano faço poda mais sempre elas estão voltando.

    1. Olá Bernadete, tudo bem? É provável que tenham ficado sementes nas forquilhas dos galhos ou que pássaros tenham trazido novamente. Para manter a planta afetada saudável é necessário a retirada das mesma sempre que forem observadas. Esperamos ter lhe ajudado!
      Fágner Heldt – Biólogo

  3. Esta erva ataca somente árvores frutíferas comestíveis pelo ser humano? Tenho uma enorme árvore de Cheflera, que produz uma enorme quantidade de frutos, e que no topo, aparentemente, está com esta erva daninha, mas não é possível precisar devido a altura da árvore invadida.

    1. Olá, Miriam! Ela é tão agressiva, que se desenvolve em qualquer planta viva. Aos poucos vai roubando energia da planta e pode até levar à morte. Um bom jardineiro pode te ajudar na limpeza desta praga de jardim. O quanto antes retirar, melhor a recuperação da planta afetada.Esperamos ter ajudado. Vânia Angeli, Engenheira Agrônoma.

  4. Minha linda Murta(tem gente que chama de jasmim) está toda tomada, mesmo tentando controlar com podas. Estou arrasada! É uma árvore com muitos galhinhos finos, é impossível controlar….

    1. Olá, Nádia. Esta praga é realmente um terror. Ela é muito vigorosa. Além da poda, é preciso fazer limpeza na planta, frequentemente, removendo qualquer parte da erva de passarinho que fique de uma semana pra outra. Devemos literalmente ganhar ela no cansaço.

      Vânia Angeli, Engenheira Agrônoma

  5. Quero saber se existe algum produto que erradique a a famigerada erva de passarinho, já perdi várias fruteiras devido a infestação!
    Como posso ver à resposta a minha indagação?
    Por acaso pesququisei no Google sobre o tema, mas nenhum biológico tem essa resposta, possuo muitas fruteiras em casa!
    Moro em ilhéus/ bahia na Rua do lLeão, bairro São Miguel, número 69!; vou receber por e-mail?
    Devo acessar o jardim dasideias. com. br?

    1. Olá, Orlando. Infelizmente não existe nenhum produto para o controle desta praga. Nenhum herbicida por ser aplicado, pois irá matar também a árvore onde ela está. O que nos resta, é remover com poda de limpeza, arrancando todas as partes dos galhos da planta. Se a planta estiver dominado a espécie de interesse, você pode se organizar para repetir esta limpeza a cada 30 dias, sempre na lua minguante. Assim ela vai ficando mais fraca e a planta volta a se recuperar.

      Vânia Chassot Angeli, Engenheira Agrônoma

  6. Por favor, essa planta esta atacando um abacateiro, um caqui e uma tangerina que tenho em casa. O que faço com os galhos cortados??

    1. Olá, Leonam. Você deve limpar as plantas atacadas com a planta parasita, pois ela compromete o desenvolvimento das plantas. Os galhos cortados podem ser enterrados ou destinados para o lixo orgânico.
      Esperamos ter ajudado. Vânia Chassot, Engenheira Agrônoma

  7. Olá, qual seria a forma correta de retirar a erva de passarinho, sem prejuizo para a árvore atacada? Vejo muitas pessoas juntificando fazer poda drástica com a retirada de praticamente a copa da árvore. Acredito que não seja correto fazer isto, visto que ocorre a super brotação e geralmente estes galhos novos quebram com facilidade.

    1. Olá, tudo bem?
      Uma das melhores formas de erradicar a erva de passarinho é através da poda de limpeza, ou seja, devemos retirar todas as estruturas desta erva daninha da planta atacada. Para facilitar o arranquio, podemos usar serrotes, facas e tesouras, cortando apenas os ramos da erva, sem danificar a árvore. Após esta tarefa deve ser feito o monitoramento para uma segunda limpeza, se for o caso, pois qualquer estrutura que ficar acaba gerando uma nova infestação.
      Esperamos ter ajudado!
      Um abraço,
      Equipe Jardim das Ideias STIHL
      *colaborou com a resposta a engenheira agrônoma Vânia Chassot Angeli

  8. Passei 6 anos em outra cidade, quando voltei pra minha casa, minhas árvores frutíferas estão repletas de erva de passarinho. Minhas árvores são: uma mangueira, uma jaqueira, e três árvores de ata ou pinha, aqui chamamos ata. O que devo fazer pra recuperar minhas árvores ?

    1. Olá, Gercilene. Você deve realizar a limpeza das plantas, removendo todos os ramos deste parasita, que condena as árvores onde se estabelece. Há jardineiros especializados neste tipo de serviço, você pode consultar se há na sua região.

  9. Sou de São Paulo capital e há anos venho observando a verdadeira epidemia de infestação de erva-de-passarinho na minha cidade. Como posso cobrar da municipalidade uma providência sistemática e permanente de combate a essa praga. Não só levando em consideração a importância das árvores para megacidades intensamente poluídas, mas também o prejuízo econômico, uma vez que a Associação dos Engenheiros Florestais dos EUA calculou o valor de uma árvore urbana em 50 mil dólares?

    1. Olá! O inventário botânico ou laudo de cobertura vegetal é feito por profissionais habilitados, como Agrônomos e Biólogos e pode ser usado nestes casos. Seria interessante contato com a Prefeitura através dos órgãos ambientais.
      Esperamos ter ajudado!
      Um abraço,
      Equipe Jardim das Ideias STIHL
      *colaborou com a resposta a engenheira agrônoma Vânia Chassot Angeli

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *