0s 7 erros mais comuns no cuidado com as orquídeas

Está difícil manter as orquídeas saudáveis e bonitas? Nós separamos 7 erros comuns que são cometidos e listamos para você. Tente evita-los e depois nos conte se funcionou!
1) Cultivar orquídeas em vasos de plástico: os de barro são sempre melhores, pois são porosos e drenam melhor a água, o que evita o apodrecimento das raízes.
2) Trocá-las de vaso sem reparar de que lado surgem os novos brotos, que devem sempre ficar livres, nunca encostados na parede do vaso.
3) Esquecer-se de acrescentar nó de pinho ou placas de madeira na planta. Além de decorar o vaso, estes substratos conservam a água por mais tempo.
4) Não esterilizar a tesoura antes de podá-las. Para esse procedimento, utilize um maçarico portátil ou a própria chama do fogão. Espero, contudo, o instrumento esfriar antes de usá-lo na planta. Esterilize novamente antes de manipular outra planta, para evitar transmissão de doenças.
5) Não passar um cicatrizante após a poda. Você pode utilizar canela em pó, que é natural.
6) Ignorar as manchas na folhagem, o que pode indicar que a planta tenha sido atacada por uma praga. Você pode utilizar detergente líquido diluído em água para lavar bem as folhas e borrifa-las.
7)Não reparar na coloração da folhagem. Se ela estiver muito escura, é sinal de falta de luz. Troque a orquídea de lugar.

 Crédito: Catraca Livre
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *