Você conhece o cacto parafuso?

Você conhece o cacto parafuso?

O Cereus peruvianus tortuosus, mais conhecido como cacto parafuso, cacto colunar, cacto-vela e cacto espiral, é muito utilizado na decoração de ambientes internos ou externos pela sua beleza diversificada e exótica. Além disso, sua flor chamar a atenção de todos pela sua graciosidade ao desabrochar. Quer saber mais sobre essa plantinha? Continue lendo!

O cacto parafuso se desenvolve naturalmente na forma de espiral e pode ser no sentido horário ou anti-horário. Seu tronco pode conter de 5 a 9 hastes e a coloração é verde-acinzentado.

A sua flor que geralmente surge no final da primavera e começo do verão é grande, solitária, branca com lilás e só abre a noite. O motivo disso é para que seja fecundada por insetos e pássaros noturnos. O fruto do cacto parafuso também é grande e quando está maduro a sua cor é avermelhada, apresentando muitas sementes em seu interior.

Como cultivar cacto parafuso

É uma espécie resistente, de fácil cultivo e seu crescimento é acelerado podendo se manter dentro ou fora de casa. Neste primeiro ambiente, ele necessita ter o máximo de sol por dia, assim como o segundo, porém precisa que seu vaso seja girado para que o cacto não cresça torto, em direção da luz.

Não é tolerante a baixas temperaturas, principalmente geada. Assim, durante as estações mais frias a adubação pode ser suspensa para evitar fungos ou bactérias. Durante o ano as irrigações podem ser espaçadas, de modo que o solo seque completamente entre uma rega e outra.

O solo deve ser rico em matéria orgânica e arenoso, além de ser bem drenado. As suas flores são um fenômeno que para que ocorra precisa estar em um local com muita luz solar direta. Por isso, em ambientes internos é mais difícil florescer. A propagação do cacto parafuso é feita por estacas de ramos ou pelas sementes.

E aí, já ficou com vontade de ter um na sua casa? Comente. Para ter mais dicas e novidades, continue acompanhando o blog Jardim das Ideias STIHL. Até a próxima!

Créditos da imagem: Jardim na Cidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *