Quisqualis indica

 Jasmim-da-india, arbusto-milagroso, Madagascar

Gosto de vê-la tanto como trepadeira, subindo em uma pérgula, como formando um renque compacto ao longo de uma cerca ou mesmo cobrindo um alambrado. Suas flores brancas abrem geralmente à noite, com perfume mais pronunciado para atrair mariposas que realizam a polinização e vão se tingindo de púrpura, seduzindo os polinizadores diurnos. Esta característica permite que as três cores se manifestem ao mesmo tempo. Na passagem da noite para o dia, as flores mudam de ângulo também. Na Índia, onde cresce à beira dos rios, são usadas na culinária e tidas como antioxidantes. Na medicina popular desses países asiáticos é usada para expelir parasitas intestinais, controlar disenterias e suas raízes para tratamento de reumatismo.

O Quisqualis, que significa “que é isso”, atrai beija-flores e, pelas virtudes estéticas que possui, deveria ser mais aproveitada no paisagismo. Já vi exemplares lindos, cultivados na região do Pantanal Mato-grossense, no Rio de Janeiro, em São Paulo e em diversas cidades nordestinas.

Acesse mais detalhes e informações na nossa Biblioteca de Espécies.

Autor: Raul Cânovas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *