Proteja o jardim das pragas de verão

Proteja o jardim das pragas de verão

Você sabia que é no verão que as pragas chegam com força total para atacar os jardins? A infestação destes insetos causa estragos, podendo atingir diversas espécies e partes da planta, e, em alguns casos, levando à morte do vegetal. Para evitar tragédias no seu jardim, a solução é saber identificar e, principalmente, como proteger. Por isso, preparamos uma série de dicas. Vem ver!

Pragas mais comuns no verão

As pragas mais conhecidas são os insetos sugadores, como cochonilhas, pulgões, percevejos e cigarrinhas. As cochonilhas geralmente se instalam sob as folhas, nos ramos e troncos das árvores. Já os pulgões são perigosos por se reproduzirem rapidamente e atingirem principalmente folhas novas e delicadas. A primeira consequência é o aspecto enrolado e amarelo das folhas, depois o atrofiamento da planta.

Outra espécie que suga a seiva das plantas: as cigarrinhas que causam deformações nas folhas. É muito fácil identificar a presença desta praga porque ela deixa uma espuma branca que pode cobrir parte de galhos de árvores e gramados.

Vale lembrar, ainda, dos cupins, formigas e lagartas. O primeiro ataca desde mudas recém-transplantadas até árvores adultas. As formigas também provocam danos consideráveis. Já a presença das lagartas no jardim deve ser controlada, pois quando consomem grande quantidade de alimento, causam desfolhamento da planta.  Além de insetos, as plantas ornamentais podem ser atacadas por ácaros e moluscos. Os ácaros provocam manchas bronzeadas, enquanto os moluscos destroem mudas pequenas.

Como evitar pragas nas plantas no verão

A primeira medida para evitar infestações é ficar de olho para ver se a planta está bem irrigada e recebendo a quantidade adequada de luz, água e adubação.  Tome cuidado também com a introdução de plantas novas para evitar possível contaminação.

Se você identificar infestação, dê preferência por métodos de tratamento orgânicos, como a calda de fumo. Não se esqueça que a poda de limpeza para retirar partes de plantas infestadas
é essencial. Você pode ainda usar joaninhas, tesourinhas e bicho lixeiro para combater as pragas de forma natural. Quando se trata da presença de lesmas, a melhor solução é retirar os moluscos individualmente.

Ficou com alguma dúvida? Deixe sua questão nos comentários 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *